10 Novembro 2017

Soja: 50% das lavouras tem plantas daninhas

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O capim amargoso e a buva, ambas plantas daninhas, estão presentes em metade das lavouras de soja do Brasil, de acordo com o professor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq-USP) Pedro Christoffoleti. Ele explica que "uma característica biológica importante dessas plantas é a sua alta produção de semente e dispersibilidade. A buva, por exemplo, produz de 200 a 300 mil sementes".

O manejo para eliminar as invasoras pode aumentar o custo de produção em quase R$ 150 por hectare. O amargoso chegou à lavoura de milho do Antônio Marcos Padoveze, em Santa Bárbara d'Oeste, no interior de São paulo, e já causa preocupação. Em parte da área, a planta invasora ficou parada no inverno, porque o atraso na colheita de verão também retardou o plantio seguinte.

Segundo Padoveze, o amargoso está mostrando certa resistência ao controle, mas ele acredita que conseguirá controlar a planta invasora com a próxima aplicação de herbicida na área que foi semeada há cerca de um mês. "Está um pouco atrasado devido ao clima, que vinha muito seco. Agora, com a chuva, a programação dos próximos dias é a gente realizar a aplicação", conta.

O capim amargoso e a buva são duas das plantas que vem ganhando resistência ao herbicida glifosato. Segundo Christoffoleti, a resistência é uma característica adquirida pela planta em função do processo de pressão de seleção. “Com aplicação e uso intensivos da tecnologia, essas plantas, que eram secundárias, passaram a ser predominantes na área. Hoje, o produtor não consegue apenas com a prática de um único herbicida controlá-las. Para isso, ele precisa inovar e usar outras tecnologias”, explica.

As plantas daninhas que resistem ao glifosato desde o seu lançamento são chamadas de tolerantes. “Não são resistentes porque elas não passaram por um processo de seleção”, esclarece o professor.  

Christoffoleti chama atenção dizendo que o controle das invasoras começa antes mesmo delas aparecerem. “Quando o produtor vai fazer a dessecação, um dos pontos primordiais é que ela seja bem feita, para que estabelecer a cultura no limpo. Se ele deixar estas plantas tolerantes, elas vão interferir no processo de desenvolvimento da soja”, diz. 

A rotação de culturas e de princípios ativos dos defensivos são as principais dicas para combater as plantas tolerantes e resistentes ao glifosato. “O produtor deve associar ao glifosato outros herbicidas, por exemplo o ácido 2,4-diclorofenoxiacético (2,4-D), que é um produto que controla ambas as ervas. Os herbicidas à base de inibição da enzima protoporfirinogênio oxidase (Protox) ou da acetolactato sintase (ALS) são bastante efetivos nesse processo. Essas são as três categorias de produtos que ele pode associar ao glifosato e conseguir um bom controle destas plantas daninhas no processo de dessecação”, recomenda.


Fonte Rural BR

Mais Notícias

Embrapa fará curso básico de elaboração de vinhos

21-01-2018

Mais uma safra da uva está chegando e, mantendo a tradição, a Embrapa Uva e Vinho, em parceria com a Embrapa Florestas oferece três turmas do Curso Básico de Elaboração de Vinhos. A primeira turma inicia no dia 5 de fevereiro. A segunda no dia 20 e a terceira em 22 de fevereiro.O curso vai abordar as noções básicas, teóricas e práticas, sobre a ela...

Leia mais...

Imea: vagas de emprego e estágio em várias áreas

21-01-2018

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), abriu muitas vagas de emprego e estágio nas principais áreas de atuação da entidade. Entre as ofertas estão de analista e trainee de algodão, soja, milho, boi e leite, além de estágios.Para a vaga de analista a exigência é formação superior, mestrado ou especialização em agronegócio e área...

Leia mais...

Ford lança F-150 com motor diesel V6

21-01-2018

(function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(d.getElementById(id))return;js=d.createElement(s);js.id=id;js.src='//embed.playbuzz.com/sdk.js';fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}(document,'script','playbuzz-sdk')); Fonte Rural BR

Leia mais...

EUA: congelamento de rios prejudica frete de grãos

21-01-2018

O congelamento de importantes hidrovias nos Estados Unidos está prejudicando o transporte de grãos produzidos no Meio-Oeste do país, resultando em preços mais baixos para agricultores.A queda das temperaturas na região congelou parte dos rios Mississippi, Illinois e Ohio nas últimas semanas. Com isso, algumas empresas de transporte de grãos estão o...

Leia mais...

Mapa abre vagas para curso técnico gratuito

21-01-2018

Estão abertas 3.020 vagas de curso à distância de técnico de nível médio em agronegócio, com duração de dois anos. Para inscrever-se é preciso ter concluído o ensino médio e ser preferencialmente agricultor familiar ou de propriedades de médio porte, agente de assistência técnica e extensão rural cadastrado no Programa Rural Sustentável do Ministér...

Leia mais...

CNA fará debate sobre financiamento do agronegócio

21-01-2018

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) vai discutir o financiamento do agronegócio no evento Agro em Questão, no próximo dia 1 de fevereiro, na sede da entidade, em Brasília. O encontro pretende debater os desafios e alternativas para garantir o crescimento do setor.O Agro em Questão vai discutir a ampliação do acesso dos produtor...

Leia mais...

Produção de robusta cresce no Espírito Santo

19-01-2018

A safra de café robusta 2018 no Espírito Santo, que começa a ser colhida em abril, deve ficar estável na comparação com a temporada passada, ou até registrar pequeno avanço. O Estado, principal produtor da variedade no Brasil, teve seus cafezais bastante prejudicados pela seca em 2015 e 2016. No ano passado, a produção da variedade já apresentou re...

Leia mais...

RS: exportação do agronegócio registra alta de 10%

19-01-2018

Após um início ruim, as exportações do agronegócio gaúcho fecharam 2017 com um aumento de 4,43% no valor comercializado na comparação com 2016. A recuperação foi tão expressiva, que pela primeira vez o mês de dezembro cruzou a barreira de US$ 1 bilhão desde o início da série histórica, atingindo US$ 1,002 bilhão. Os dados foram divulgados pela...

Leia mais...

Colheita brasileira da soja é oficialmente aberta

19-01-2018

Foi aberta oficialmente a colheita da safra de soja 2017/2018 do Brasil. Durante a Abertura Nacional da Colheita, promovida pelo Projeto Soja Brasil nesta sexta-feira, dia 19, no município de Canarana (MT), o público pôde acompanhar discussões importantes sobre a relação entre a produtividade e a rentabilidade, técnicas de manejo e a necessidade de...

Leia mais...