10 Novembro 2017

Soja: 50% das lavouras tem plantas daninhas

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O capim amargoso e a buva, ambas plantas daninhas, estão presentes em metade das lavouras de soja do Brasil, de acordo com o professor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq-USP) Pedro Christoffoleti. Ele explica que "uma característica biológica importante dessas plantas é a sua alta produção de semente e dispersibilidade. A buva, por exemplo, produz de 200 a 300 mil sementes".

O manejo para eliminar as invasoras pode aumentar o custo de produção em quase R$ 150 por hectare. O amargoso chegou à lavoura de milho do Antônio Marcos Padoveze, em Santa Bárbara d'Oeste, no interior de São paulo, e já causa preocupação. Em parte da área, a planta invasora ficou parada no inverno, porque o atraso na colheita de verão também retardou o plantio seguinte.

Segundo Padoveze, o amargoso está mostrando certa resistência ao controle, mas ele acredita que conseguirá controlar a planta invasora com a próxima aplicação de herbicida na área que foi semeada há cerca de um mês. "Está um pouco atrasado devido ao clima, que vinha muito seco. Agora, com a chuva, a programação dos próximos dias é a gente realizar a aplicação", conta.

O capim amargoso e a buva são duas das plantas que vem ganhando resistência ao herbicida glifosato. Segundo Christoffoleti, a resistência é uma característica adquirida pela planta em função do processo de pressão de seleção. “Com aplicação e uso intensivos da tecnologia, essas plantas, que eram secundárias, passaram a ser predominantes na área. Hoje, o produtor não consegue apenas com a prática de um único herbicida controlá-las. Para isso, ele precisa inovar e usar outras tecnologias”, explica.

As plantas daninhas que resistem ao glifosato desde o seu lançamento são chamadas de tolerantes. “Não são resistentes porque elas não passaram por um processo de seleção”, esclarece o professor.  

Christoffoleti chama atenção dizendo que o controle das invasoras começa antes mesmo delas aparecerem. “Quando o produtor vai fazer a dessecação, um dos pontos primordiais é que ela seja bem feita, para que estabelecer a cultura no limpo. Se ele deixar estas plantas tolerantes, elas vão interferir no processo de desenvolvimento da soja”, diz. 

A rotação de culturas e de princípios ativos dos defensivos são as principais dicas para combater as plantas tolerantes e resistentes ao glifosato. “O produtor deve associar ao glifosato outros herbicidas, por exemplo o ácido 2,4-diclorofenoxiacético (2,4-D), que é um produto que controla ambas as ervas. Os herbicidas à base de inibição da enzima protoporfirinogênio oxidase (Protox) ou da acetolactato sintase (ALS) são bastante efetivos nesse processo. Essas são as três categorias de produtos que ele pode associar ao glifosato e conseguir um bom controle destas plantas daninhas no processo de dessecação”, recomenda.


Fonte Rural BR

Mais Notícias

Milho: comercialização da segunda safra atinge 61%

20-11-2017

A comercialização da segunda safra de milho de 2017 no Brasil atinge 61% da produção prevista de 68,719 milhões de toneladas, segundo levantamento da consultoria Safras & Mercado. Em novembro do ano passado, os negócios estavam mais avançados, atingindo 83,3%.Goiás (incluindo o Distrito Federal) é o estado mais adiantado, com 67% da produção pr...

Leia mais...

Soja: preços recuam no Brasil e nos Estados Unidos

20-11-2017

Após o início tardio dos trabalhos de campo, o plantio segue em ritmo acelerado no Brasil e na Argentina, favorecido pelas condições climáticas.Apesar disso, segundo pesquisadores do Cepea, os compradores se retraíram nas negociações, pois aguardam novas definições de área e desenvolvimento das lavouras. Com isso, as cotações recuaram no Brasil e n...

Leia mais...

Equipe mostra como socorrer quem cai em silo

19-11-2017

Um vídeo publicado por uma equipe de socorrista da cidade de Independence, no estado americano de Iowa, foi visualizado por 2,7 milhões de pessoas na última semana. Nele, a equipe de resgate mostra como salvar uma pessoa que caiu em um silo de grãos, um tipo de acidente que mata dezenas de pessoas todos os anos e já foi relatado aqui no Canal ...

Leia mais...

Produtor desenvolve máquina para feno inovadora

19-11-2017

Um produtor de Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo, enxergou em uma dificuldade do seu cotidiano uma oportunidade para desenvolver um produto inédito e que pode mudar a vida de produtores rurais. Luiz Ataíde Scatamburlo percebeu, em 2011, que o processo de recolhimento e carregamento dos fardos de feno era o grande gargalo da sua prod...

Leia mais...

Plantio da soja reverte atraso e atinge 73%

18-11-2017

O plantio da safra 2017/18 de soja do Brasil avançou 16 pontos porcentuais em uma semana e atingiu 73% da área prevista até quinta-feira (16), igual patamar de um ano atrás e ante 68% na média de cinco anos, apontou a consultoria AgRural, em levantamento divulgado nesta sexta-feira, 17. O avanço semanal foi o maior desta safra, eliminando o atraso ...

Leia mais...

Plantio atinge 90,73% em Mato Grosso, afirma Imea

17-11-2017

O plantio da safra de soja 2017/2018 de Mato Grosso chegou a 90,73%, conforme o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), com número obtido até 17 de novembro. Na semana anterior, o percentual era de 79,7%. No mesmo período do ano passado, o índice era de 95,5%. O Imea projeta uma área de plantio de 9,424 milhões de hectares pa...

Leia mais...

La Niña aumenta risco de seca na safra argentina

17-11-2017

Com a evolução da colheita nos Estados Unidos, o mercado se volta agora para as condições climáticas na América do Sul. No Brasil, a volta das chuvas tem ajudado os produtores rurais com o plantio da safra de soja no Centro-Oeste.Para a Argentina, o clima ainda seco diverge as opiniões dos analistas sobre o fator climático. No entanto, a consultori...

Leia mais...

Consultoria reduz em 10% a produção de café

17-11-2017

A consultoria Safras & Mercado reduziu sua projeção de safra de café na safra 2017/2018 para 50,45 milhões de sacas. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, dia 16, e indicam uma queda de 10% em relação ao ciclo anterior, que foi de 55,75 milhões de sacas.Segundo o consultor da empresa, Gil Barabach, a safra brasileira 2017/18 é menor do ...

Leia mais...