03 Dezembro 2017

Exportações de soja crescem 577,9% em novembro

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

As exportações brasileiras de soja em grão somaram 2,142 milhões de toneladas em novembro, 577,9% acima do apurado em igual mês de 2016, quando foram embarcadas 316,1 mil toneladas. A receita com as vendas externas do grão atingiu US$ 815,4 milhões, incremento de 522,9% em relação a novembro do ano passado (US$ 130,9 milhões). 

Já na comparação com outubro, as exportações caíram 13,8% em volume e 13,2% em receita. O preço médio do produto exportado foi de US$ 380,5/tonelada em novembro, ante US$ 377,8/t em outubro e US$ 414,2/t em novembro de 2016.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, dia 1º, pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Em todo o complexo soja, as exportações somaram 3,287 milhões de toneladas em novembro, aumento de 164,95% ante igual período do ano passado. Na comparação com outubro, houve recuo de 28,4%. A receita com as vendas externas do complexo soja somou US$ 1,246 bilhão no mês passado, aumento de 162,6% na comparação anual, mas 32,1% inferior ao observado em outubro. 

O pico de exportação de soja em grão neste ano ocorreu entre abril e junho, porque a colheita da oleaginosa teve início mais cedo no Brasil. De lá para cá, os embarques vêm diminuindo com a concorrência com o milho nos portos. Mas, em relação ao ano passado, as vendas externas do complexo seguem em ritmo bem superior, em decorrência, principalmente, da maior produção do país.

Nos primeiros 11 meses do ano, as exportações do complexo soja somaram 80,479 milhões de toneladas e US$ 30,420 bilhões. Em igual período de 2016, o Brasil havia embarcado 65,444 milhões de toneladas e US$ 24,629 bilhões.

Farelo e óleo

No farelo de soja, o volume exportado somou 1,071 milhão de toneladas em novembro, aumento de 23,5% em relação a igual período do ano passado, quando o Brasil enviou ao exterior 867,7 mil toneladas. Ante outubro, houve queda de 16%. A receita de exportação totalizou US$ 374,6 milhões em novembro, incremento de 24% ante os US$ 302,1 milhões verificados em igual mês de 2016. Na comparação mensal, foi apurada queda de 11,5%.

Com relação ao óleo de soja, as exportações em novembro somaram 73,5 mil toneladas, aumento de 28,9% na comparação anual. Em novembro do ano passado, foram embarcadas 57 mil toneladas do produto. Ante outubro, houve queda de 36,4%. 

A receita referente às vendas externas de óleo de soja somou US$ 56,2 milhões em novembro, aumento de 35,1% ante igual período do ano passado, quando os recursos obtidos com a exportação haviam totalizado US$ 41,6 milhões. Na comparação com o mês anterior, a receita caiu 36,4%.


Fonte Rural BR

Mais Notícias

Abertura Oficial da Colheita acontece nesta sexta

22-02-2018

O Canal Rural transmite ao vivo, nesta sexta-feira, dia 23, a 28ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz. A cerimônia, que acontece na estação experimental do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), em Cachoeirinha (RS), reúne produtores, autoridades, entidades e empresas do agronegócio.O presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio...

Leia mais...

Cooperativas do Paraná querem leilão de PEP

22-02-2018

Cooperativas do Paraná pediram ao Ministério da Agricultura que apoie a comercialização da nova safra de feijão. Em nota no site da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), o setor pede que sejam alocados recursos para realização de leilão de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP), para transferência do grão aos estados do Nordeste, e também...

Leia mais...

Bolsa argentina reduz previsão para 46,5 mi de t

22-02-2018

A Bolsa de Comércio de Rosario (BCR) reduziu em 5,5 milhões de toneladas a sua previsão de produção de soja da Argentina em 2017/2018 para 46,5 milhões de toneladas. Até janeiro, a bolsa previa 52 milhões de toneladas. A área plantada com soja foi ajustada de 18,5 milhões para 18 milhões de hectares.Segundo a bolsa, a falta de umidade se acentuou e...

Leia mais...

Soja e milho: USDA estima plantio de 36,4 mi de ha

22-02-2018

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou nesta quinta-feira, dia 22, suas estimativas para o plantio da safra 2018/2019 do país. O órgão estimou o total de 90 milhões de acres – equivalente a 36,42 milhões de hectares – para a soja e outros 90 milhões de acres para o milho, informou o economista chefe do USDA, Ro...

Leia mais...

Leilão de PEP do arroz negocia 73% da oferta

22-02-2018

Cerca de 73% das 150 mil toneladas de arroz foram negociadas nesta quinta-feira, dia 22, durante leilão de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).Das 135 mil toneladas ofertadas para o Rio Grande do Sul, 95 mil foram negociadas. Em Santa Catarina, as 15 mil toneladas ofertadas foram negociadas.Já no l...

Leia mais...

Comercialização de café atinge 78%

22-02-2018

A comercialização da safra de café do Brasil 2017/2018 chegou em 78% até o dia 20 de janeiro. O dado faz parte de levantamento da consultoria Safras & Mercado. No último mês, as vendas avançaram em sete pontos percentuais.De acordo com a empresa, as negociações estão atrasadas em relação ao ano passado, quando 81% da safra 201620/17 estava...

Leia mais...

MT: área de algodão na safra 2017/2018 cresce 25%

22-02-2018

Com o plantio da safra 2017/2018 praticamente encerrado, o presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Alexandre Pedro Schenkel, divulgou os resultados do levantamento de área de cultivo do algodoeiro.Segundo ele, a área de algodão no estado é estimada em 783 mil hectares, com aumento de 25% em relação à safra 201...

Leia mais...

Milho: janela de plantio está terminando em MG

22-02-2018

As lavouras de milho safrinha de Unaí (MG) começaram a ser cultivadas somente nos últimos dias, o que traz preocupação aos produtores uma vez que o prazo ideal para o cultivo do cereal termina no final do mês, destaca o departamento técnico da Cooperativa Agrícola de Unaí (Coagril).Fonte do departamento técnico destaca que frente há outros anos o a...

Leia mais...

Soja: consultoria corta safra da Argentina em 18%

22-02-2018

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam com preços mais altos nesta quarta-feira, dia 21. O mercado se manteve próximo do melhor patamar em sete meses, devido ao clima seco na Argentina, que deve persistir até o mês de março.Com o estresse hídrico desde novembro, a safra da Argentina foi cortada em...

Leia mais...