05 Dezembro 2017

Sul do BR e Argentina terão apenas 40% das chuvas

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam com preços mais altos. O vencimento de janeiro operou a maior parte do dia acima de US$ 10 por bushel, atingindo US$ 10,08 1/2 na máxima do dia.

O mercado foi sustentado pelas previsões de clima seco para a Argentina ao longo da semana. A falta de chuvas pode comprometer a umidade do solo, o plantio em algumas regiões e o desenvolvimento inicial das lavouras daquele país.

Considerações técnicas altistas estão sendo tomadas, uma vez que o fenômeno climático La Niña se expande com força no mês de dezembro.

Segundo a consultoria AgResource, desde o começo de novembro, um cenário de precipitações em retração tem sido o protagonista da meteorologia do Rio Grande do Sul e do leste argentino. Do dia 1 de novembro até 18 de dezembro, estas regiões só deverão receber de 40% a 60% das chuvas médias, para um ano comum. 

No entanto, essa reação de alta foi limitada pelo desempenho de outros mercados. O petróleo caiu mais de 1% em Nova York e o dólar subiu frente a outras moedas, tirando competitividade dos produtos de exportação americanos, caso da soja.

Nesta segunda-feira, dia 4, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou dados da exportação norte americana, Até a semana encerrada no dia 30 de novembro, 1,8 milhão de toneladas foi embarcada. Na semana anterior, as inspeções haviam atingido 1,7 milhão de toneladas. No ano passado, em igual período, o total fora de 1,9 milhão de toneladas.

Aqui no Brasil os preços das soja oscilaram entre estáveis e mais altos nas principais praças do país. A alta de Chicago, que nas máximas do dia superou 1%, ajudou a sustentar as cotações.

O ritmo dos negócios também melhorou e só não foi mais acentuado devido à queda do dólar. Houve registro de negócios envolvendo cerca de 50 mil toneladas  no Rio Grande do Sul, entre safra nova e velha. Mais 10 mil toneladas trocaram de mãos em Goiás e outras 10 mil em Minas Gerais.


Fonte Rural BR

Mais Notícias

Abertura Oficial da Colheita acontece nesta sexta

22-02-2018

O Canal Rural transmite ao vivo, nesta sexta-feira, dia 23, a 28ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz. A cerimônia, que acontece na estação experimental do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), em Cachoeirinha (RS), reúne produtores, autoridades, entidades e empresas do agronegócio.O presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio...

Leia mais...

Cooperativas do Paraná querem leilão de PEP

22-02-2018

Cooperativas do Paraná pediram ao Ministério da Agricultura que apoie a comercialização da nova safra de feijão. Em nota no site da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), o setor pede que sejam alocados recursos para realização de leilão de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP), para transferência do grão aos estados do Nordeste, e também...

Leia mais...

Bolsa argentina reduz previsão para 46,5 mi de t

22-02-2018

A Bolsa de Comércio de Rosario (BCR) reduziu em 5,5 milhões de toneladas a sua previsão de produção de soja da Argentina em 2017/2018 para 46,5 milhões de toneladas. Até janeiro, a bolsa previa 52 milhões de toneladas. A área plantada com soja foi ajustada de 18,5 milhões para 18 milhões de hectares.Segundo a bolsa, a falta de umidade se acentuou e...

Leia mais...

Soja e milho: USDA estima plantio de 36,4 mi de ha

22-02-2018

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou nesta quinta-feira, dia 22, suas estimativas para o plantio da safra 2018/2019 do país. O órgão estimou o total de 90 milhões de acres – equivalente a 36,42 milhões de hectares – para a soja e outros 90 milhões de acres para o milho, informou o economista chefe do USDA, Ro...

Leia mais...

Leilão de PEP do arroz negocia 73% da oferta

22-02-2018

Cerca de 73% das 150 mil toneladas de arroz foram negociadas nesta quinta-feira, dia 22, durante leilão de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).Das 135 mil toneladas ofertadas para o Rio Grande do Sul, 95 mil foram negociadas. Em Santa Catarina, as 15 mil toneladas ofertadas foram negociadas.Já no l...

Leia mais...

Comercialização de café atinge 78%

22-02-2018

A comercialização da safra de café do Brasil 2017/2018 chegou em 78% até o dia 20 de janeiro. O dado faz parte de levantamento da consultoria Safras & Mercado. No último mês, as vendas avançaram em sete pontos percentuais.De acordo com a empresa, as negociações estão atrasadas em relação ao ano passado, quando 81% da safra 201620/17 estava...

Leia mais...

MT: área de algodão na safra 2017/2018 cresce 25%

22-02-2018

Com o plantio da safra 2017/2018 praticamente encerrado, o presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Alexandre Pedro Schenkel, divulgou os resultados do levantamento de área de cultivo do algodoeiro.Segundo ele, a área de algodão no estado é estimada em 783 mil hectares, com aumento de 25% em relação à safra 201...

Leia mais...

Milho: janela de plantio está terminando em MG

22-02-2018

As lavouras de milho safrinha de Unaí (MG) começaram a ser cultivadas somente nos últimos dias, o que traz preocupação aos produtores uma vez que o prazo ideal para o cultivo do cereal termina no final do mês, destaca o departamento técnico da Cooperativa Agrícola de Unaí (Coagril).Fonte do departamento técnico destaca que frente há outros anos o a...

Leia mais...

Soja: consultoria corta safra da Argentina em 18%

22-02-2018

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam com preços mais altos nesta quarta-feira, dia 21. O mercado se manteve próximo do melhor patamar em sete meses, devido ao clima seco na Argentina, que deve persistir até o mês de março.Com o estresse hídrico desde novembro, a safra da Argentina foi cortada em...

Leia mais...