10 Janeiro 2018

ES fecha 2017 com aumento na produção do conilon

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A produção capixaba de café conilon em 2017 deve ser de 5.915 mil sacas. A estimativa representa acréscimo de 17,5% em relação a 2016. Os dados foram levantados pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e entregues à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Segundo o governo capixaba, o bom desempenho do conilon no estado apesar da seca deve-se, entre outros fatores, às ações de pesquisa, assistência técnica e extensão rural desenvolvidas pelo Incaper junto aos cafeicultores. As lavouras vêm sendo renovadas e revigoradas na ordem de 7% a 8% ao ano sob novas bases tecnológicas, com variedades clonais mais produtivas, nutrição adequada, poda, manejo de pragas e doenças e irrigação.

O investimento fez com que a produção aumentasse, apesar da diminuição da área cultivada. Ainda assim, o Espírito Santo é responsável por 62,4% da área total cultivada da variedade no país, com 266,47 hectares cultivados de conilon. Por conta da seca, muitos produtores fizeram podas drásticas nos cafezais e erradicaram as lavouras. Com isso, a área de café conilon em produção no estado diminuiu em mais de 10%.

Efeito da seca

Em 2015 e 2016, houve queda significativa na produção de conilon do Espírito Santo. A seca e a má distribuição das chuvas, principalmente na época de florescimento, formação e enchimento dos grãos, afetou a florada, a fertilização das flores, a quantidade e o desenvolvimento dos frutos. Além disso, provocou queda de folhas e frutos. Grande parte das lavouras de conilon do Espírito Santo são irrigadas, e foram comprometidas por conta da falta d’água nos mananciais associada à proibição de irrigação durante o dia nos longos meses de crise hídrica. Os tratos culturais também foram afetados: a falta d’água provocou a redução das adubações e favoreceu a incidência de ácaros vermelhos, cochonilha da roseta e broca das hastes.

Ao final de 2016, verificou-se a melhora das condições climáticas nas regiões produtoras de conilon. Empreendedor e adaptado a esta realidade, o cafeicultor lançou mão das tecnologias recomendadas pelo Incaper, de maneira que as lavouras de conilon capixabas estão se recuperando da seca e sendo revigoradas.

Arábica

Com relação ao café arábica, a estimativa de safra 2017 prevê uma queda de 25% na produção em relação a 2016. O estado deve colher 2.950 mil sacas. A bienalidade negativa pode ser uma das causas deste decréscimo: após um ano de safra alta, o ano seguinte sofre queda na produção.

Em 2016,  o estado registrou recorde na produção de arábica: foram colhidas 3.932,1 mil sacas. O efeito da seca em grande parte das regiões produtoras também influenciou significativamente neste resultado. Assim, o decréscimo significativo estimado na produção de 2017 em relação ao ano anterior pode ser atribuído aos seguintes fatores: alta produção de 2016, o efeito da bienalidade, o déficit hídrico e a má distribuição de chuvas, sobretudo na região sul, onde estão concentrados 40% do arábica do Espírito Santo. Estes fatores provocaram desfolhas nas lavouras, interferências no crescimento da planta e na floração e, consequentemente, na quantidade e no desenvolvimento dos frutos.

Arábica e conilon

A produção capixaba de café caiu em 2017 em comparação à safra registrada em 2016. No geral, a safra 2017 de café no Espírito Santo fechou em 8.865 mil sacas beneficiadas, sendo 35,28% de arábica e 64,72% de conilon. As condições climáticas desfavoráveis atravessadas pelas lavouras de conilon em 2016 e a falta de mudas para plantio levaram a uma forte redução de área, além do ciclo de bienalidade negativa no arábica, resultando numa queda de 1,1% na produção.

O levantamento também indica o tamanho da área em produção no estado: 385.538 hectares. A produtividade média é de 22,9 sacas por hectare, sendo a média de 19,65 scs/ha para o café arábica (150.123 hectares) e 25,13 scs/ha para o café conilon (235.415 hectares).

 


Fonte Rural BR

Mais Notícias

EUA: congelamento de rios prejudica frete de grãos

21-01-2018

O congelamento de importantes hidrovias nos Estados Unidos está prejudicando o transporte de grãos produzidos no Meio-Oeste do país, resultando em preços mais baixos para agricultores.A queda das temperaturas na região congelou parte dos rios Mississippi, Illinois e Ohio nas últimas semanas. Com isso, algumas empresas de transporte de grãos estão o...

Leia mais...

Mapa abre vagas para curso técnico gratuito

21-01-2018

Estão abertas 3.020 vagas de curso à distância de técnico de nível médio em agronegócio, com duração de dois anos. Para inscrever-se é preciso ter concluído o ensino médio e ser preferencialmente agricultor familiar ou de propriedades de médio porte, agente de assistência técnica e extensão rural cadastrado no Programa Rural Sustentável do Ministér...

Leia mais...

CNA fará debate sobre financiamento do agronegócio

21-01-2018

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) vai discutir o financiamento do agronegócio no evento Agro em Questão, no próximo dia 1 de fevereiro, na sede da entidade, em Brasília. O encontro pretende debater os desafios e alternativas para garantir o crescimento do setor.O Agro em Questão vai discutir a ampliação do acesso dos produtor...

Leia mais...

Produção de robusta cresce no Espírito Santo

19-01-2018

A safra de café robusta 2018 no Espírito Santo, que começa a ser colhida em abril, deve ficar estável na comparação com a temporada passada, ou até registrar pequeno avanço. O Estado, principal produtor da variedade no Brasil, teve seus cafezais bastante prejudicados pela seca em 2015 e 2016. No ano passado, a produção da variedade já apresentou re...

Leia mais...

RS: exportação do agronegócio registra alta de 10%

19-01-2018

Após um início ruim, as exportações do agronegócio gaúcho fecharam 2017 com um aumento de 4,43% no valor comercializado na comparação com 2016. A recuperação foi tão expressiva, que pela primeira vez o mês de dezembro cruzou a barreira de US$ 1 bilhão desde o início da série histórica, atingindo US$ 1,002 bilhão. Os dados foram divulgados pela...

Leia mais...

Colheita brasileira da soja é oficialmente aberta

19-01-2018

Foi aberta oficialmente a colheita da safra de soja 2017/2018 do Brasil. Durante a Abertura Nacional da Colheita, promovida pelo Projeto Soja Brasil nesta sexta-feira, dia 19, no município de Canarana (MT), o público pôde acompanhar discussões importantes sobre a relação entre a produtividade e a rentabilidade, técnicas de manejo e a necessidade de...

Leia mais...

Colheita do milho no Rio Grande do Sul atinge 14%

19-01-2018

A colheita do milho no Rio Grande do Sul atingiu 14% do total de sua área. De acordo com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), as produtividades das lavouras têm se mantido dentro do previsto e com colheitas satisfatórias. Esses resultados não são uma surpresa, uma vez que essas lavouras completaram seu ciclo sem maiores probl...

Leia mais...

Comercialização de café chega a 71% no Brasil

19-01-2018

A comercialização da safra de café do Brasil 2017/18 chegou a 71% até o dia 17 de janeiro. O dado faz parte de levantamento da consultoria Safras & Mercado. No último mês, a comercialização avançou em cinco pontos percentuais.As vendas estão atrasadas em relação ao ano passado, quando 78% da safra 2016/2017 estava comercializada até então. No e...

Leia mais...

Plantio da soja na Argentina atinge 96,7%

19-01-2018

O plantio da soja na safra 2017/2018 da Argentina atingiu 96,7%, segundo a Bolsa de Cereais de Buenos Aires. Os trabalhos avançaram 2,4 pontos percentuais desde a semana passada e estão 2,4 pontos percentuais atrasados ante a safra anterior.A área é estimada em 18,1 milhões de hectares, representando recuo de 5,7% ante a safra anterior. Em números ...

Leia mais...