17 Janeiro 2018

Agropecuária: VBP fecha 2017 com alta de 1,3%

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O Valor Bruto da Produção (VBP) agropecuária foi de R$ 540,3 bilhões em 2017, montante que representa aumento de 1,3%, em valores reais, em relação ao ano anterior, que foi de R$ 533,1 bilhões. Os dados fazem parte de estudo da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura. Esse é o maior valor registrado desde 1989, quando se iniciou a série de análise de dados. As lavouras tiveram crescimento de 4,2% no período (R$ 364,6 bilhões), e a pecuária (R$ 175,7 bilhões), redução de 4,1%.

Segundo o ministério, o resultado favorável do VBP de 2017 deve-se principalmente à grande safra de grãos, que foi de 237,7 milhões de toneladas, conforme levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A produtividade agrícola, e não o incremento de área, foi o principal fator responsável pelo bom resultado. Os preços agrícolas, em geral mais baixos do que em 2016, tiveram pouca ou nenhuma importância na formação do VBP 2017.

"Além da importância da safra agrícola na geração de renda, destaca-se o papel que teve a agricultura no baixo índice de inflação obtido em 2017", informou em nota o coordenador-geral de Estudos e Análises, José Garcia Gasques, da Secretaria de Política Agrícola. "O IPCA-15, acumulado até dezembro foi de 2,94%, o menor valor desde o início da série publicada pelo IBGE a partir de 2000, já que os produtos agrícolas têm grande peso na formação do índice de preços", acrescentou ele.

O crescimento do VBP em 2017 foi impulsionado pelo algodão (72,3%), cana-de-açúcar (22,4%), laranja (11%), mandioca (87%), milho (14,8%) e soja (2,1%). Com exceção de laranja, esses outros produtos alcançaram em 2017 o maior faturamento bruto desde 1994.

Em contrapartida, uma lista extensa de produtos experimentou forte redução de valor, com destaque para banana (-26,7%); batata (-46,3%); cacau (-27,2%); café (-14,7%); cebola (-49,4%); feijão (-26,7%); trigo (-47,9%) e maçã (-21,5%). Segundo o ministério, essa redução, devida principalmente aos preços, foi o que propiciou o impacto positivo da redução do preço dos alimentos sobre o IPCA-15.

No setor de proteína animal, o VBP do setor de suínos cresceu 9,6% em 2017, enquanto o leite aumentou 9,5%. Já o VBP de bovinos caiu 4,2%, o de frango, 10,5%, e de ovos, 19,2%.

Sete Estados lideraram o VBP em 2017: São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e Pará. Entre as regiões, o Sul ainda está na frente, seguida pelo Centro-Oeste, Sudeste, Nordeste e Norte.

2018

Para 2018, uma estimativa inicial do governo projeta o VBP deve recuar 3,4%, para R$ 521,7 bilhões. O resultado, no entanto, é considerado preliminar, já que muitas lavouras ainda estão em fase de desenvolvimento e outras nem sequer foram plantadas, como o trigo. A previsão da Conab para a safra de grãos 2017/18 é de colheita de 227,9 milhões de toneladas. No entanto, conforme o coordenador-geral de Estudos e Análises, José Garcia Gasques, da Secretaria de Política Agrícola, "nem todas as Unidades da Federação pesquisadas forneceram dados, e ainda se considerando informações incompletas sobre o clima, acredita-se que os números possam ser mais elevados".


Fonte Rural BR

Mais Notícias

Comercialização de café atinge 78%

22-02-2018

A comercialização da safra de café do Brasil 2017/2018 chegou em 78% até o dia 20 de janeiro. O dado faz parte de levantamento da consultoria Safras & Mercado. No último mês, as vendas avançaram em sete pontos percentuais.De acordo com a empresa, as negociações estão atrasadas em relação ao ano passado, quando 81% da safra 201620/17 estava...

Leia mais...

MT: área de algodão na safra 2017/2018 cresce 25%

22-02-2018

Com o plantio da safra 2017/2018 praticamente encerrado, o presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Alexandre Pedro Schenkel, divulgou os resultados do levantamento de área de cultivo do algodoeiro.Segundo ele, a área de algodão no estado é estimada em 783 mil hectares, com aumento de 25% em relação à safra 201...

Leia mais...

Milho: janela de plantio está terminando em MG

22-02-2018

As lavouras de milho safrinha de Unaí (MG) começaram a ser cultivadas somente nos últimos dias, o que traz preocupação aos produtores uma vez que o prazo ideal para o cultivo do cereal termina no final do mês, destaca o departamento técnico da Cooperativa Agrícola de Unaí (Coagril).Fonte do departamento técnico destaca que frente há outros anos o a...

Leia mais...

Soja: consultoria corta safra da Argentina em 18%

22-02-2018

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam com preços mais altos nesta quarta-feira, dia 21. O mercado se manteve próximo do melhor patamar em sete meses, devido ao clima seco na Argentina, que deve persistir até o mês de março.Com o estresse hídrico desde novembro, a safra da Argentina foi cortada em...

Leia mais...

Cotação do arroz no RS cai 7% em 2018

21-02-2018

O ritmo de comercialização do arroz em casca está lento no Rio Grande do Sul. De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), boa parte das indústrias e dos produtores demonstra baixo interesse em negociar novos lotes.A entidade explica que os agricultores têm ofertado o produto apenas quando há necessidade de “fazer...

Leia mais...

Café: preço em fevereiro acumula queda de 2,5%

21-02-2018

Os preços internos do café arábica estão em queda desde o final de 2017, pressionados pela perspectiva de uma safra 2018/2019 volumosa no Brasil. Nos últimos dias, as quedas nas cotações externas e a desvalorização do dólar intensificaram o movimento de baixa dos preços domésticos.Entre os dias 14 e 20 de fevereiro, o indicador Cepea/Esalq do arábi...

Leia mais...

Produção de soja em SC deve atingir recorde

21-02-2018

A produção de soja de Santa Catarina em 2017/18 deve atingir 2,52 milhões de toneladas, aumento de 5% ante o ciclo anterior. Se atingido, o volume será recorde, segundo a secretaria de agricultura do estado, que fez a projeção com base em levantamento do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa).O crescimento leva em conta aumen...

Leia mais...

Fertilizantes: entregas caem 6,4% em janeiro

20-02-2018

As entregas de fertilizantes para o consumidor final em janeiro diminuíram 6,4% em relação a igual mês do ano passado e somaram 2,443 milhões de toneladas. Os dados foram divulgados nesta terça-feira, dia 20, pela Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda).  A produção nacional de fertilizantes intermediários também recuou no mês p...

Leia mais...

Produção de etanol de milho cresce 130% em um ano

20-02-2018

No acumulado da safra 2017/2018 até o dia 1º de fevereiro, o volume de etanol fabricado a partir do milho totalizou 391,85 milhões de litros, sendo 322,07 milhões de litros de etanol hidratado e 69,79 milhões de litros de etanol anidro, volume 130% superior ao valor registrado em igual data do ciclo anterior. Os dados são da União da Indústria de C...

Leia mais...