12 Junho 2018

Grãos: safra menor não deve mudar preço do varejo

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A safra nacional de grãos deste ano será 12,5 milhões de toneladas menor do que a colhida em 2017. A diferença, porém, não é relevante para justificar um aumento nos preços dos alimentos no varejo, avaliou Carlos Barradas, gerente na Coordenação de Agropecuária do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A estimativa para a produção nacional de grãos em 2018 é de 228,1 milhões de toneladas, a segunda maior safra da série histórica. Os dados são do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de maio.

"Apesar da queda em relação ao ano anterior, essa é a segunda maior informação de produção do Brasil. Então a gente pode considerar uma safra muito boa em termos de produção agrícola. É que ficamos mal acostumados porque a produção do ano anterior foi excelente", lembrou Barradas.

Em maio, houve melhora nas previsões para a produção de algodão herbáceo (aumento de 4,5% em relação a abril), café canephora (4,1%), café arábica (2,9%), milho 1ª safra (0,2%) e soja (0,1%). As estimativas foram revisadas para baixo no feijão 1ª safra (-0,2%), milho 2ª safra (-3,4%), feijão 3ª safra (-4,5%) e feijão 2ª safra (-5,1%).

A estimativa da produção de algodão ficou em 4,7 milhões de toneladas. Em relação a abril, os maiores aumentos foram em Mato Grosso (144,7 mil toneladas) e na Bahia (57,5 mil toneladas).

Em Mato Grosso, a estimativa da produção foi de 3,1 milhões de toneladas (aumento de 4,9% em relação a abril) e área plantada de 765,2 mil hectares (aumento de 5,2%). Já o rendimento médio encolheu 0,3%.

Na Bahia, a estimativa da produção foi de 1,1 milhão de toneladas, aumento de 5,7% em relação ao mês anterior. A área plantada cresceu 1,6%, totalizando 264,2 mil hectares, e o rendimento médio subiu 4,0%, beneficiado pelo clima favorável às lavouras no oeste do Estado.

Café

A produção nacional de café deve ser recorde em 2018, segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, divulgado pelo IBGE. A colheita esperada é de 3,4 milhões de toneladas, ou 57,1 milhões de sacas de 60 kg, um aumento de 3,2% em relação à estimativa de abril. O rendimento médio aumentou 3,3% em maio, em decorrência do clima favorável.

A estimativa da produção do café arábica totalizou 2,6 milhões de toneladas, ou 43,4 milhões de sacas de 60 kg, 2,9% a mais que a do mês anterior, com avanço de 3,2% no rendimento médio.

Para o café canephora (conillon), a estimativa da produção foi de 822,0 mil toneladas, ou 13,7 milhões de sacas de 60 kg, um aumento de 4,1% em relação ao mês anterior. A área plantada cresceu 0,8% ante abril, e a área colhida teve aumento de 0,7%. O rendimento médio subiu 3,3%. O destaque foi a Bahia, que elevou sua estimativa da produção para 117 mil toneladas (1,9 milhão de sacas), alta de 38,2% em relação a abril. O rendimento médio teve aumento de 29,5%, com 2.438 kg/há, puxado pela abundância e boa distribuição das chuvas.

"A produção de café é recorde na série histórica do IBGE, tanto para arábica quanto para o conillon. Esse ano é o de bienalidade positiva; é um ano que se esperava que o café (arábica) produzisse bastante. E o clima tem beneficiado as lavouras. Houve recuperação importante da produção do Espírito Santo, depois de três anos de seca", lembrou Carlos Barradas, gerente na Coordenação de Agropecuária do IBGE.

Soja

A estimativa para a produção também recorde de soja subiu a 115,8 milhões de toneladas em maio, 0,1% a mais que a do mês anterior. Houve atualização das estimativas de Mato Grosso (+0,7% ou 220,3 mil toneladas, para 31,4 milhões de toneladas), Goiás (+0,1% ou 7,0 mil toneladas, para 11,7 milhões de toneladas) e Tocantins (-3,5% ou 92,5 mil toneladas, para 2,6 milhões de toneladas).

Em relação a 2017, a produção brasileira de soja cresceu 0,7%, em decorrência da área plantada, que aumentou 2,6%. Ao todo, foram cultivados 34,8 milhões de hectares, o que representa 56,9% de toda a área cultivada com cereais, leguminosas e oleaginosas do País.

"A gente caminha para ser no futuro o maior produtor de soja do mundo. Nos próximos dois ou três anos a expectativa é que o Brasil consiga passar a produção americana, atualmente o maior produtor. Nós somos o maior exportador", apontou Barradas. "Normalmente, as chuvas começam em setembro. Demorou um pouco mais no ano passado, começaram em outubro, mas vieram em grande intensidade. E possibilitou o recorde de produção. E teve aumento da área plantada de soja. Não batemos o rendimento médio de soja do ano passado, mas a área plantada ajudou a aumentar a produção", justificou Barradas.


Fonte Rural BR

Mais Notícias

Faturamento da AgroBrasília cresce 10% em relação à edição anterior

19-05-2019

Faturamento da AgroBrasília cresce 10% em relação à edição anterior

Realizada no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, no Distrito Federal, a AgroBrasília conseguiu aumentar o faturamento em 10%, totalizando R$ 1,2 bilhão, e superou a edição anterior. A Feita Internacional dos Cerrados, como é chamada, também bateu recorde de público: até o encerramento, no sábado, dia 18, cerca de 121 mil visitantes passaram pelos esta...

Leia mais...

Direto ao Ponto estreia novo formato e discute prorrogação do PRA

19-05-2019

Direto ao Ponto estreia novo formato e discute prorrogação do PRA

O Direto ao Ponto, tradicional programa de entrevistas das noites de domingo do Canal Rural, está de cara nova. Agora, dois convidados participam simultaneamente, de forma a enriquecer o debate.Estreando o formato, o deputado federal Sérgio Souza (MDB-PR) e o consultor de Meio Ambiente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Vicente Silva, fal...

Leia mais...

Procurando emprego em Agronomia? Rede social reúne 1.800 vagas

19-05-2019

Procurando emprego em Agronomia? Rede social reúne 1.800 vagas

Cursa ou é formado na área de Agronomia e está procurando por oportunidades no mercado de trabalho? Há mais de 1.800 vagas abertas no LinkedIn, segundo pesquisa. A plataforma traz anúncios de empresas que buscam diretamente seus profissionais e também agências de empregos.A Ouro Fino, por exemplo, está com uma vaga de estágio em inteligência de mer...

Leia mais...

Mais lida: Bolsonaro sanciona lei que regulamenta terapia com cavalos

19-05-2019

Mais lida: Bolsonaro sanciona lei que regulamenta terapia com cavalos

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, nesta semana, a lei que regulamenta a terapia com cavalos. Segundo publicação feita no Diário Oficial da União (DOU), a equoterapia deverá ser adotada mediante parecer favorável de avaliação médica, psicológica e fisioterápica, além de ser obrigatório a formação de uma equipe composta por um médico veterinário...

Leia mais...

Confira o que pode mexer com as cotações do milho na próxima semana

19-05-2019

Confira o que pode mexer com as cotações do milho na próxima semana

Esta semana, as cotações do milho registraram forte alta na Bolsa de Chicago. De acordo com o analista da Safras Consultoria Fernando Henrique Iglesias, o movimento se tornou consistente à medida que informações sobre o clima para as lavouras norte-americanas foram divulgadas.Os índices pluviométricos previstos para as próximas duas semanas tendem ...

Leia mais...

Instituto avalia uso de palha de cana-de-açúcar para gerar energia

19-05-2019

Instituto avalia uso de palha de cana-de-açúcar para gerar energia

Com o objetivo de auxiliar a indústria sucroalcooleira no reaproveitamento da palha da cana-de-açúcar, pesquisadores do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) estudam a utilização do subproduto para gerar energia elétrica. O potencial, segundo a entidade, é bastante similar ao do bagaço, mas usinas têm apenas descartado no campo ou queimado esse...

Leia mais...

Freio de Ouro: assista ao vivo à Classificatória Aberta em Esteio

19-05-2019

Freio de Ouro: assista ao vivo à Classificatória Aberta em Esteio

Direto de Esteio, no Rio Grande do Sul, o Canal Rural transmite ao vivo neste domingo, dia 19, a final da Classificatória Aberta ao Freio de Ouro. Os 16 mais bem pontuados nesta etapa, sendo 8 machos e 8 fêmeas, vão para a grande final da maior prova do cavalo crioulo.A quarta classificatória da temporada integra a programação da XV Fenasul e leva ...

Leia mais...

Faculdade CNA abre inscrições para cursos a distância

19-05-2019

Faculdade CNA abre inscrições para cursos a distância

Estão abertas as inscrições para os cursos de ensino superior a distância em Gestão do Agronegócio, Gestão Ambiental, Gestão de Recursos Humanos e Processos Gerenciais da Faculdade CNA. A instituição atua na formação de profissionais focados na gestão, aumento de competitividade e sustentabilidade dos empreendimentos rurais para que possam auxiliar...

Leia mais...

Ervas daninhas: conheça as técnicas de manejo sem agroquímicos

19-05-2019

Ervas daninhas: conheça as técnicas de manejo sem agroquímicos

Controle de plantas daninhas: métodos físico, mecânico, cultural, biológico e alelopatia é o título do livro lançado pela Embrapa. Segundo um dos editores técnicos, o pesquisador Maurílio Fernandes de Oliveira, da área de Produção Vegetal da unidade Milho e Sorgo, o livro é a primeira obra nacional a abordar o controle de ervas-daninhas por métodos...

Leia mais...