12 Julho 2019

Brasil assume presidência temporária do Mercosul

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O Brasil assumirá a presidência rotativa do Mercosul na próxima quarta-feira, dia 17, em Santa Fé, Argentina, durante reunião dos chefes de estado do bloco. A participação do presidente Jair Bolsonaro na 54ª Reunião do Conselho do Mercosul e países associado será precedida por uma série de reuniões entre funcionários de governos e diplomatas, que discutirão medidas para simplificar e desburocratizar as relações comerciais e institucionais entre as nações que compõem o próprio bloco e outros países.

Comitiva brasileira

Em clima de celebração pelo fechamento do acordo do Mercosul com a União Europeia (UE), a delegação brasileira será chefiada pelo chanceler Ernesto Araújo, que participa, no dia 16, dos encontros preparatórios da cúpula.

Em Santa Fé, haverá também reuniões preparatórias nos dias 14 e 15 de julho, com reunião da comissão de comércio do Mercosul e uma discussão sobre o funcionamento de um mercado comum.

Na presidência do Mercosul, a delegação brasileira pretende aprofundar as providências adotadas pela Argentina, país que é o atual líder do bloco e que, nessa condição, presidiu com êxito as negociações com a União Europeia.

Simplificação

Atualmente, no âmbito do Mercosul, existem mais de 200 órgãos, conselhos e comissões, fator que pressiona os orçamentos do Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai, países que compõem o bloco.

Sob a presidência do Brasil, os membros do Mercosul vão checar o funcionamento e o objetivo de cada órgão ou conselho, que serão extintos, se houver comprovação de que não têm utilidade prática.

Tarifa Externa Comum

Segundo integrantes da delegação brasileira, o Brasil vai trabalhar para reduzir as Tarifas Externas Comuns (TECs), que são aplicadas na comercialização de produtos entre os membros do bloco. As TECs foram criadas no início do Mercosul para proteger a indústria de cada país e, dessa forma, evitar o monopólio da produção. Com o tempo, porém, as TECs contribuíram para que o Mercosul se transformasse em um bloco de países fechados e avessos ao comércio mundial.

O fechamento do acordo com a UE vai proporcionar, segundo a delegação brasileira, que essas tarifas sejam reduzidas para que o comércio na região se iguale às condições do bloco europeu.

hbspt.cta.load(5130076, '73eecd4b-3f9f-4c4c-8ba1-49eb50e12b94', {});


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

Preços do boi gordo sobem e arroba chega a R$ 206, diz Safras

20-11-2019

Preços do boi gordo sobem e arroba chega a R$ 206, diz Safras

O mercado do boi gordo registrou novas valorizações nesta quarta-feira, 20, segundo levantamento da consultoria Safras. Em São Paulo, por exemplo, os preços chegaram a R$ 206 por arroba“O movimento de alta ainda não apresenta indícios de perda de força, com os frigoríficos atuando de maneira ávida na compra de gado”, comenta o analista ...

Leia mais...

Governo publica zoneamento agrícola do milho segunda safra

20-11-2019

Governo publica zoneamento agrícola do milho segunda safra

O governo publicou nesta terça-feira, 19, no , portarias estabelecendo o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc), da safra 2019/2020, para a cultura de milho de segunda safra. Para as lavouras plantadas nesse ciclo, não serão realizadas alterações nas datas de plantio devido ao atraso da safra de soja em alguns municípios. Vale lembrar que no...

Leia mais...

Entenda os fatores que podem fazer com que o preço do trigo suba no país

20-11-2019

Entenda os fatores que podem fazer com que o preço do trigo suba no país

A elevada umidade sobre as lavouras de trigo no Brasil segue dificultando a evolução da colheita. Além disso, mantém a apreensão quanto à qualidade do cereal produzido.Segundo o analista de Safras & Mercado, Jonathan Pinheiro, indicações seguem apontando uma perda de produtividade menor do que o esperado, porém, com grande parcela de trigo com ...

Leia mais...

EUA devem se posicionar sobre embargo à carne brasileira em breve

20-11-2019

EUA devem se posicionar sobre embargo à carne brasileira em breve

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, reuniu-se nesta quarta-feira, 20, com o secretário da Agricultura dos Estados Unidos, Sonny Perdue. Eles conversaram sobre o embargo à carne bovina in natura do Brasil. De acordo com a ministra, o governo americano está finalizando a análise dos dados que o Brasil enviou e deve dar um posicionamento em al...

Leia mais...

Ministério da Agricultura estima VBP do agro de 2019 em R$ 609,5 bilhões

20-11-2019

Ministério da Agricultura estima VBP do agro de 2019 em R$ 609,5 bilhões

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de 2019 está estimado em R$ 609,5 bilhões, com base em dados de outubro. O resultado é 1,7% maior do que o de 2018, que foi de R$ 599,4 bilhões.Na estimativa, as lavouras chegam a R$ 399,9 bilhões e a pecuária, R$ 209,5 bilhões. O valor da pecuária foi elevado a 6,6%, enquanto que as lavouras tiveram uma...

Leia mais...

Soja: preços caem em Chicago, mas seguem acima de US$ 9 por bushel

20-11-2019

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) nesta quarta-feira, 20, com fecharam com preços mais baixos, mas ainda acima dos US$ 9 por bushel. O mercado não encontrou fatores suficientes para sustentar o movimento de recuperação.Após tantos meses de imbróglio, o mercado se mostra cético sobre um possível acordo entre os Estad...

Leia mais...

Sojicultor aposta em inoculação no sulco e consegue aumento de produtividade

20-11-2019

Sojicultor aposta em inoculação no sulco e consegue aumento de produtividade

Os produtores de Capão Bonito, no interior de São Paulo, não abrem mão da inoculação e da coinoculação das sementes de no sulco de plantio. Com isso, eles conseguiram aumentar a produtividade em até 10% por hectare.Olhando as lavouras recém emergidas não dá para notar, mas junto com as sementes, no sulco de plantio, também foram colocadas duas bac...

Leia mais...

Ricardo Salles anuncia pagamento por serviços ambientais na Amazônia

20-11-2019

Ricardo Salles anuncia pagamento por serviços ambientais na Amazônia

O ministro do Meio Ambiente, , anunciou nesta quarta-feira, 20, um plano com diversas ações para incentivar a preservação da Amazônia. Em entrevista coletiva, ele afirmou que um dos pontos que o governo federal pretende trabalhar é o pagamento por serviços ambientais prestados. Ele considerou a medidacomo uma espécie de ‘monetização. “(Querem...

Leia mais...

‘Cobrança de energia solar pela Aneel vai contra discurso do governo’

20-11-2019

A proposta da, que pretende taxar a energia solar, é vista pelo comentarista do Canal Rural Miguel Daoud como absurda. “Se tratando de energia, isso é absurdo porque nós estamos vendo vários discursos do Paulo Guedes (Ministro da Economia) que quer reduzir em 40% o gás e que isso implementaria o crescimento do Brasil já que diminui o Custo-Brasil, ...

Leia mais...