18 Julho 2019

Selo Arte vai libertar produtor de uma legislação ultrapassada, diz Tereza Cristina

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, comemorou nesta quinta-feira, dia 18, a assinatura do decreto que regulamenta o Selo Arte, que permite a venda interestadual de produtos alimentícios artesanais, como queijos, mel e embutidos. 

A primeira etapa de aplicação será para produtos lácteos, especialmente queijos. Na visão da ministra, os produtores não vão mais ficar confinados à sua localidade e poderão ter seus produtos reconhecidos por todos os brasileiros. “A estimativa é que 170 mil produtores de queijo artesanal do Brasil sejam beneficiados pela criação do Selo Arte neste primeiro momento”, contou.

A assinatura do decreto fez parte da cerimônia dos 200 dias do governo Bolsonaro, realizada nesta quinta, em Brasília. “O senhor (presidente Bolsonaro) nos orienta para que façamos medidas que cheguem lá na ponta, que mude para a melhor a vida do Brasileiro e é isso que estamos mostrando aqui. Muitas vezes optamos pela modernização das normas para facilitar a vida dos brasileiros e o Selo Arte é um ótimo exemplo disso, libertando o produtor de uma legislação do passado e que impedia a comercialização de produtos de origem animal através das fronteiras estaduais.”

 

Presos a uma legislação do passado, da década de 1950, os produtores estavam, na prática, impedidos de comercializar produtos artesanais de origem animal além das fronteiras de seu Estado, apesar de já existir lei federal sobre o assunto- Lei 13680/2018 de autoria do @EvairdeMelo

— Tereza Cristina (@TerezaCrisMS) July 18, 2019

Do Brasil para o mundo

“Queijos mineiros já estão tão ou mais famosos do que os franceses. Em junho deste ano, conquistamos 59 medalhas no Mundial de Queijo de Tours, na França e esses queijos iam nas malas, porque não podiam ir legalmente. Agora todos irão formalizados”, disse a ministra

Com o recente acordo entre Mercosul e União Europeia, o governo brasileiro vislumbra conquistar também o mercado europeu com selos que possuem localização geográfica de seus produtos. “Com as mudanças legais, fica permitida a comercialização interestadual de alimentos feitos de forma artesanal, que serão fiscalizadas pelos órgãos estaduais e deverão seguir as boas práticas sanitárias e agropecuárias”, contou.

Próxima etapa

Posteriormente, o selo vai abranger produtos cárneos (embutidos, linguiças, defumados), produtos de origem de pescados (defumados, linguiças) e produtos oriundos de abelhas (mel, própolis e cera).

A ministra assina ainda nesta quinta a normativa do logotipo do selo e duas instruções normativas que tratam da aplicabilidade do decreto. Uma delas traz o regulamento técnico de boas práticas para produtos artesanais lácteos e a outra diz respeito aos procedimentos para a certificação. As INs devem ficar em consulta pública por 30 dias.

 

Selo Arte: governo regulamenta venda interestadual de alimentos artesanais

 


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

MP do Agro promete mais garantia de crédito a produtores rurais

13-10-2019

A medida provisória 897/2019, mais conhecida como MP do Agro, foi editada com a finalidade principal de ampliar a oferta de crédito rural. Para debater a MP e as propostas de mudança propostas para melhor atender às necessidades do produtor rural, o programa Direto ao Ponto deste domingo, 13, entrevistou o consultor de Política Agrícola do Institut...

Leia mais...

Governo quer abrir novas linhas de créditos para caminhoneiros

13-10-2019

Governo quer abrir novas linhas de créditos para caminhoneiros

O governo federal, caminhoneiros e  representantes do setor de transporte rodoviário de cargas discutiram, durante o 34º Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas (TRC), possibilidades de abertura de novas linhas de crédito para manutenção da frota. O fórum ocorreu esta semana em Brasília.“O governo está discutindo com a categoria est...

Leia mais...

Cargill e Corteva oferecem vagas para programas de estágio

13-10-2019

Cargill e Corteva oferecem vagas para programas de estágio

Duas das principais empresas voltadas ao agronegócio estão com vagas abertas para seus programas de estágio em 2020. Corteva e Cargill estão recebendo inscrições de estudantes interessados em trabalhar em suas unidades.Confira abaixo detalhes das vagas disponíveis , prazos de inscrição e exigências do recrutamento. E boa sorte!A Corteva Agriscience...

Leia mais...

Mais lida: Pecuarista de 70 anos usa carriola para tratar bois no cocho

13-10-2019

Mais lida: Pecuarista de 70 anos usa carriola para tratar bois no cocho

A semana da pecuária brasileira foi marcada por dicas de lucratividade em fazendas de gado de corte. Afinal, como conseguir maior rentabilidade e aplicar os recursos de maneira inteligente e eficiente?Confira também a história do pecuarista José Alves Lopes, o seu vaqueiro, que aos 70 anos mostra carinho e dedicação com a criação de animais, usando...

Leia mais...

Aos 87 anos, morre o leiloeiro Jarbas Knorr

13-10-2019

Aos 87 anos, morre o leiloeiro Jarbas Knorr

Faleceu aos 87 anos, neste sábado, 12, o leiloeiro e presidente do Sindicato dos Leiloeiros Rurais e Empresas de Leilão Rural do Rio Grande do Sul (Sindler), Jarbas Knorr.Fundador da empresa Knorr Leilões, empresa mais antiga do ramo em funcionamento no país, Jarbas acumulava meio século de experiência e comando sobre os martelos. Ainda na década d...

Leia mais...

MT: sociedade rejeita privatização de estrada e cobra investimento de imposto

12-10-2019

MT: sociedade rejeita privatização de estrada e cobra investimento de imposto

Algumas estradas que cruzam Mato Grosso vivem uma situação caótica e o governo pretende repassar algumas delas para a iniciativa privada, como é o caso da rodovia MT-130, estrada liga dos municípios de Paranatinga e Santiago do Norte.  No entanto, uma audiência pública rejeitou os termos do repasse. O setor produtivo e a sociedade civil questionam...

Leia mais...

Comer carne vermelha faz mal? Grupo de pesquisadores discorda

12-10-2019

Comer carne vermelha faz mal? Grupo de pesquisadores discorda

Comer menos carne vermelha pode não ter relação direta com melhora na saúde, como muitos pesquisadores vêm afirmando ao longo dos anos. Ao menos é o que garante um grupo de cientistas, liderado por membros da Universidade Dalhousie, do Canadá, que recentemente .O foco das revisões foram as metodologias utilizadas para chegar às conclusões. Para o g...

Leia mais...

Paraná: atraso no plantio da soja já afeta janela ideal para o milho

12-10-2019

Paraná: atraso no plantio da soja já afeta janela ideal para o milho

O atraso do plantio de soja ameaça a segunda safra de milho do Paraná e os produtores já estão preocupados com a produtividade, uma vez que a cultura pode ser semeada fora da janela ideal.Foram 20 dias de espera para plantar a soja na fazenda de João Versari, em Maringá (PR). A ideia era iniciar os trabalhos no dia 25 de setembro, como no ano passa...

Leia mais...

Você viu? Quadrilha adultera adubo e gera prejuízo milionário em MT

12-10-2019

Você viu? Quadrilha adultera adubo e gera prejuízo milionário em MT

A semana da agricultura foi marcada pela expectativa do plantio da soja em várias regiões do Brasil. Em Mato Grosso, índios comemoram a autorização do Ibama para a realização do plantio. Em alguns locais, produtores já pensam no replantio por causa da falta de chuva.Outra notícia muito acessada durante a sema foi um levantamento feito pelo Projeto ...

Leia mais...