Imprimir esta página
13 Outubro 2019

Mais lida: Pecuarista de 70 anos usa carriola para tratar bois no cocho

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A semana da pecuária brasileira foi marcada por dicas de lucratividade em fazendas de gado de corte. Afinal, como conseguir maior rentabilidade e aplicar os recursos de maneira inteligente e eficiente?

Confira também a história do pecuarista José Alves Lopes, o seu vaqueiro, que aos 70 anos mostra carinho e dedicação com a criação de animais, usando carriola para tratar bois no cocho. Veja tudo o que foi notícia na semana que passou:

Concentre-se em gastar 35% do que você fatura, no máximo, em mão de obra permanente, insumos e rebanho e os outros 35% em todos os outros componentes.

Além disso, 70% das propriedades avaliadas ganham menos de R$ 400/ha.

Antes restrito à estação seca, quando as pastagens perdem sua capacidade de suporte, o confinamento se tornou uma ferramenta para toda obra dentro das fazendas que precisam da engorda intensiva como forma de manter sob controle os seus indicadores.

Para especialista,o foco central é produzir uma arroba que custe, no máximo, R$ 100.

Foram ao menos 2.400 viagens com a carriola para levar comida para o gado que estava sendo engordado em cocho no Sítio Rio Preto, localizado em Santa Luzia d’Oeste, Rondônia.


Fonte Canal Rural