Imprimir esta página
07 Novembro 2019

Soja: quinta-feira será marcada por chuvas em quase todos os estados

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

As chuvas devem atingir praticamente todos os estados nesta quinta-feira, 7. Claro, que isso não significa que irá precipitar em todos os municípios. Os maiores acumulados devem acontecer no Sul do país. No Nordeste deve garoar em algumas áreas de soja da Bahia e Maranhão.

O dia ainda promete ser bastante chuvoso par5a as áreas de soja do Rio Grande do Sul. Alguns municípios podem registrar até 20 mm acumulados, como é o caso de Três Passos. Em Santa Catarina a quinta também terá precipitações volumosas com até 258 mm, na região de Chapecó. No Paraná as chuvas serão ainda mais intensas que em seus vizinhos, alguns municípios podem registrar até 40 mm de chuvas só nesta quinta, como é o caso de Pato Branco e Francisco Beltrão.

As chuvas seguem generalizadas para as áreas de soja de São Paulo e MInas Gerais nesta quinta-feira. Os maiores acumulados nas cidades paulistas devem acontecer em Birigui e São João da Boa Vista (com 10 mm cada um). Já para os mineiros, as chuvas não ultrapassam os 4 mm.

As chuvas também serão generalizadas em Mato grosso do Sul nesta quinta. Os maiores acumulados acontecem em Bodoquena, com 25 mm e Iguatemi com 23 mm. Em Mato Grosso a tendência é a mesma do vizinho, ou seja, precipitações em praticamente todos os municípios. Os maiores volumes acontecem em Alto Taquari, com 17 mm. A mesma coisa acontece em Goiás, onde ali próximo a São Simão pode chover até 20 mm.

Deve garoar na região de Barreiras (BA) nesta quinta-feira, com no máximo 2 mm. No Maranhão, em Balsas, também deve garoar. No Piauí o tempo deve ficar seco nesta quinta.

Volta a chover de forma rápida e isolada na quinta-feira no Amapá. Demais áreas continuem com tempo segue instável, risco de temporais durante a tarde. Os maiores acumulados e a chuva mais intensa acontecem entre Rondônia, sul do Amazonas e sudoeste do Pará. A sensação ainda é de abafamento em todos os estados da região.


Fonte Canal Rural