14 Novembro 2019

China e Rússia pedem diminuição de protecionismo durante encontro do Brics

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A diminuição do protecionismo é essencial para enfrentar a desaceleração econômica global, disseram nesta quarta-feira, 13, os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da China, Xi Jinping. Em discursos no encerramento do Fórum Empresarial do Brics, grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, os dois líderes defenderam o aprofundamento do comércio internacional para haver desenvolvimento. 

Segundo Putin, os países do Brics podem contribuir para suavizar a desaceleração econômica global, ao estreitarem os laços comerciais e tecnológicos entre si. “Dada essa recessão dupla que temos enfrentado, temos visto o crescimento de atitudes protecionistas, de problemas alfandegários. Os países do Brics têm de se esforçar para não se deixar abater por essas coisas. Temos de manter o nível de vida de nossas populações ou até aumenta-las”, declarou. 

Ele disse que, desde 2018, o mundo enfrenta um desaquecimento econômico e deve encerrar 2019 com o menor crescimento em dez anos. 

Em 2020, a Rússia assumirá a presidência rotativa do Brics. Putin lembrou que o comércio do país com os demais membros do grupo tem aumentado mais de 20% nos últimos cinco anos. O presidente russo destacou as cooperações entre os integrantes do Brics nas áreas farmacêutica, de exploração espacial, aeronáutica e disse que o governo russo está disposto a aumentar o intercâmbio na área de tecnologia da informação, de informática e em energia limpa, principalmente no segmento de gás natural. 

O aumento do protecionismo global também foi abordado por Xi Jiping em seu discurso. Segundo ele, a guerra comercial desestimula os investimentos em inovação, o principal instrumento para impulsionar a economia global. China e Estados Unidos, as duas maiores economias do planeta, enfrentam tensões comerciais desde que o governo do presidente Donald Trump decidiu impor tarifas a produtos chineses, com retaliações do país asiático. 

“Com a nova rodada de transformações industriais e tecnológicas, os motores de desenvolvimento estão ajudando a aumentar a produtividade, a avançar nas áreas sociais e econômicas. No entanto, o crescente protecionismo e as ameaças no mundo estão ameaçando o comércio internacional e o investimento internacional e também levando a uma desaceleração mundial da economia”, disse o mandatário chinês.

Em seu discurso, Xi Jiping defendeu a ampliação dos investimentos em inovação, economia digital e economia verde, desenvolvimento aliado às preocupações com o meio ambiente, e afirmou que o país está empenhado em abrir o comércio. Ele destacou que o desenvolvimento da China representa uma oportunidade para o mundo inteiro, principalmente para os países do Brics. 

“Nos últimos cinco anos, a China tem contribuído, em média, cerca de 30% do crescimento econômico mundial. No ano passado, o investimento externo da China foi de US$ 143 bilhões, 53% a mais que no ano anterior. A decisão da China é de abrir ainda mais o mercado. Portanto temos a mesma expectativa de aumentar o crescimento no futuro”, acrescentou. 


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

O que você precisa saber nesta sexta para começar bem o dia

03-07-2020

Abertura dos mercados: mercado de trabalho surpreende positivamente nos EUA, mas Covid-19 ainda preocupaBoi: atacado começa a reagir com a entrada do mês, diz AgrifattoMilho: colheita lenta e dólar forte sustentam preços no mercado físicoSoja: alta do dólar compensa recuo na Bolsa de ChicagoCafé: sequência de altas é interrompida no exterior e merc...

Leia mais...

Preço do boi gordo padrão China fecha a R$ 225 a arroba, diz Scot

03-07-2020

O mercado do boi gordo em São Paulo fechou a quinta-feira, 2, com estabilidade na comparação com o dia anterior. De acordo com a , a cotação da arroba destinada ao mercado interno está firme em R$ 220 bruto e à vista, a R$ 219,50 livre de Senar e também à vista, e em R$216,50 com descontados o Senar e o Funrural, na mesma condição de pagamento.O bo...

Leia mais...

Meio ambiente: Bolsonaro fará carta em resposta a investidores estrangeiros

03-07-2020

O presidente Jair Bolsonaro decidiu enviar uma carta em resposta direta aos investidores estrangeiros sobre as políticas de meio ambiente do país. A decisão acontece após um para discutir a condução do governo sobre o meio ambiente.Os ministérios do Meio Ambiente, Agricultura, Defesa, Justiça e Itamaraty já se reuniram para levantar dados e, a part...

Leia mais...

Arroz e feijão: inclusão de outros alimentos na dieta do brasileiro preocupa

03-07-2020

Embora a combinação arroz e feijão continue presente na dieta dos brasileiros, há uma tendência de que a população passe a incorporar cada vez mais outros alimentos em suas refeições, revela o Outlook Fiesp 2029, da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).Segundo o levantamento, o feijão é cultivado em todos os estados do Brasil e o...

Leia mais...

Nuvem de gafanhotos: Argentina diz que controle químico foi satisfatório

03-07-2020

Segundo relatório divulgado pelo Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Alimentar da Argentina (Senasa), a operação de controle da nuvem de gafanhotos, realizada na manhã da quinta-feira, 2, na região de Sauce, na província de Corrientes, foi considerada satisfatória. Conforme a agência governamental, a aplicação aérea durou 45 minutos, cobrindo ...

Leia mais...

Agricultura familiar: projeto de lei isenta pagamento pelo uso da água

03-07-2020

O projeto de lei 344/20, do deputado Helder Salomão (PT-ES), pretende isentar agricultores familiares e empreendedores familiares rurais da cobrança pelo uso da água, desde que utilizada de maneira racional, conforme regras a serem definidas posteriormente pelo governo federal. A proposta tramita na Câmara dos Deputados.Segundo o parlamentar, o obj...

Leia mais...

Ciclone bomba: produtores relatam clima de terror com ventania no RS

03-07-2020

“A minha família mora toda no interior e o que se viu ontem foi muito assustador. Minha mãe estava com a minha sobrinha dentro de casa e disse que, sem mais nem menos, veio uma chuva e um vento muito forte. Barulhos que lembram tiros assustaram a todos, mas na verdade eram as telhas sendo levadas”O relato acima é de uma produtora rural que mora na ...

Leia mais...

Nuvem de gafanhotos: ministério treina servidores para combater a praga

03-07-2020

Cerca de 100 técnicos e servidores do Ministério da Agricultura, Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) do Rio Grande do Sul e Emater do estado receberam nesta quarta-feira, 1º, um treinamento para prevenir e controlar o gafanhoto Schistocerca cancellata, também chamado de espanhol, esperanza e langosta voladora.“...

Leia mais...

Ciclone derruba bananais em SC e produtor tem prejuízo de R$ 1 mi

03-07-2020

O ciclone bomba que atingiu o estado de Santa Catarina nesta terça-feira, 30, causou transtornos na zona rural. Os fortes ventos — que chegaram em média a 150 km/h, de acordo com a Somar Meteorologia — destelharam casas, prejudicaram estruturas de produção e derrubaram plantas.“Não choro, porque não consigo nem chorar”, afirma o produto...

Leia mais...