05 Dezembro 2019

Bolsonaro passa presidência do Mercosul para o Paraguai

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira, 5, que o nível de impostos aplicado à importação de produtos afeta a competitividade e deve ser revisado no âmbito do Mercosul. Ele abriu, no fim da manhã desta quinta-feira, a 55ª Cúpula de Chefes de Estado do e Estados Associados, em Bento Gonçalves, no Vale do Vinhedos, Rio Grande do Sul.

Bolsonaro citou os acordos de livre comércio fechados este ano pelo bloco com a União Europeia e com Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA), enfatizando que precisam ser implementados com rapidez, e disse que é preciso “levar adiante as reformas que estão dando vitalidade ao Mercosul, sem aceitar retrocessos ideológicos”. Para o presidente brasileiro, a renovação do Mercosul tem papel central no aumento da integração aos fluxos globais de comércio e investimentos.

“Outro fator determinante para nossa participação na economia mundial é o nível de impostos aplicados às importações. A taxação excessiva afeta a competitividade e é prejudicial a quem produz. O Brasil confia na abertura comercial como ferramenta de desenvolvimento e por isso insiste na necessidade de reduzir ou revisar a Tarifa Externa Comum [TEC]”, destacou Bolsonaro. Durante a presidência pro tempore do Brasil no Mercosul houve empenho no plano técnico para revisar e modernizar a TEC.

O presidente brasileiro anunciou ainda que, “apesar da difícil situação fiscal do Brasil”, o país fará o pagamento de R$ 12 milhões ao e disse que espera regularizar a situação com o fundo num futuro próximo. O Brasil é o maior contribuinte, aportando 70% dos recursos do fundo.

O Mercosul é composto por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. A Venezuela está suspensa desde 2017, por ruptura da ordem democrática e descumprimento de cláusulas ligadas a direitos humanos do bloco. Os países associados são Chile, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Guiana e Suriname.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, os países do Mercosul equivalem à quinta economia do mundo. Desde sua fundação, as trocas comerciais do bloco multiplicaram quase dez vezes: de US$ 4,5 bilhões, em 1991, para US$ 44,9 bilhões em 2018. Em 2018, o Brasil exportou US$ 20,83 bilhões para o Mercosul e importou US$ 13,37 bilhões, com um superávit de US$ 7,46 bilhões.


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

Temporais retornam ao interior do Brasil neste fim de semana

18-09-2020

De acordo com a meteorologia, há potencial para granizo e ventania no Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rondônia e AmazonasO último fim de semana de inverno já terá a cara da primavera em parte do interior do Brasil. Depois de três meses sem chuva expressiva, há previsão de pancadas em Mato Grosso do Sul. Também vai voltar a chover no norte do...

Leia mais...

Bolsonaro: Agronegócio evitou que Brasil entrasse em colapso econômico

18-09-2020

O presidente Jair Bolsonaro voltou a enaltecer a participação do agronegócio na manutenção da economia brasileira durante o período da pandemia da covid-19. Ele participou nesta sexta-feira, 18, de evento em Sorriso (MT) para entrega de cerca de 1.800 títulos de propriedade rural a agricultores familiares. “O agronegócio em grande parte evito...

Leia mais...

China recebe primeira carga de melão brasileiro após assinatura de acordo

18-09-2020

A China recebeu nesta sexta-feira,18, o primeiro embarque de melões brasileiros após acordo bilateral firmado entre os países. Cerca de três toneladas e meia de melão pele de sapo, da região de Mossoró (RN), desembarcaram no Aeroporto de Xangai.O acordo que viabilizou a exportação do melão brasileiro para a China foi firmado em novembro de 2019, du...

Leia mais...

Cooperativismo em Notícia aborda crescimento do cultivo do trigo em SC

18-09-2020

O programa Cooperativismo em Notícia deste sábado, 19, a partir das 13h30, destaca o crescimento do cultivo de trigo em Santa Catarina.Segundo a FecoAgro/SC, que produz o programa, o cereal, tão necessário para o consumo humano, andou travando uma luta desleal com o mercado e seu viu encurralado. “Perdeu terreno, a simpatia do produtor e quas...

Leia mais...

Robô que alimenta suínos na granja gera economia de R$ 26 mil por ano

18-09-2020

Uma nova tecnologia promete maior economia ao produtor ao mesmo tempo em que favorece o bem-estar dos animais. A Roboagro desenvolveu um robô que alimenta sozinho os suínos na granja, ao som de música clássica. Segundo a empresa, a economia gerada com o equipamento pode chegar até a R$ 26 mil por ano em um lote de 1.000 suínos.Na granja, o robô ope...

Leia mais...

Trigo: preços devem subir mesmo com início da nova safra

18-09-2020

Os preços do trigo no mercado interno devem seguir em patamares mais elevados, mesmo com o início da nova colheita da safra brasileira em 2020. É o que indica uma nova análise feita pela .Segundo a Cogo, entre janeiro e setembro de 2020, os preços do trigo em grãos FOB ao produtor do Paraná registram forte alta de 31,7%, mas recuaram 5,7% nos últim...

Leia mais...

Mapa nega que tenha pedido alterações no Guia Alimentar para a População

18-09-2020

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou uma nota nesta sexta-feira, 18, afirmando que não encaminhou ao Ministério da Saúde sugestões para alteração no Guia Alimentar para a População Brasileira (edição 2014). “O assunto está sendo debatido internamente, em Câmaras Setoriais do Mapa, tendo como referência princípios ci...

Leia mais...

Em caso de incêndio na fazenda, veja o que fazer até os bombeiros chegarem

18-09-2020

O tenente Thiago Rodrigues, do Corpo de Bombeiros de Goiás, recomenda que produtores rurais adquiram abafadores, sopradores e bombas costais para caso de incêndios na propriedade rural, além de fazer parcerias com os vizinhos para atuarem juntos no combate ao fogo. “Dependendo da localidade, o Corpo de Bombeiros já estará empenhados em outras ocorr...

Leia mais...

Bolsonaro: duplicação da BR-163 deve ficar pronta em 2021

18-09-2020

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que as obras de duplicação da BR-163, principal rota do escoamento agrícola do Brasil, ficarão prontas no final de 2021, no trecho de Rondonópolis até Cuiabá, no Mato Grosso. O presidente falou aos jornalistas durante visita à uma usina de etanol em Sinop (MT), nesta sexta-feira, 18, ao lado do ministro de Infrae...

Leia mais...