25 Março 2020

Governadores decidem manter medidas de isolamento contra coronavírus

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Governadores de todas as regiões do país se reuniram por videoconferência na tarde desta quarta-feira, 25, para debater as medidas adotadas no combate à crise causado pelo novo coronavírus. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, também participou do debate. Depois de mais de duas horas de conversa, os líderes estaduais redigiram uma carta para o governo federal.

Na carta, os governadores reiteram a convicção de que o isolamento social é a melhor estratégia para evitar a rápida disseminação do vírus e o colapso dos serviços de saúde. A medida é defendida pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“A avaliação é sempre pautada nos técnicos e decidimos com base nessas informações. Qualquer decisão pautada no achismo está sujeita a responsabilização direta daquele que o faz. Eu já manifestei aqui junto aos prefeitos que as determinações continuam no estado e que todos os governadores precisam estar atentos a esse grave problema que nos atinge”, disse o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

O documento ainda faz solicitações de cunho econômico. Os governadores solicitam a suspensão do pagamento da dívida dos estados com a União por 12 meses – ao invés dos seis meses já concedidos pela União -, a oferta de linhas de crédito no BNDES para a aplicação em saúde e obras, além de outras medidas como a aprovação do Plano Mansueto pelo Congresso Nacional.

A preocupação com micro, pequenas e médias empresas também está registrada. Pede-se ao Governo Federal que as operações de crédito feitas via BNDES sejam alongadas.

“Não podemos tomar as mesmas medidas de São Paulo porque temos em Mato Grosso 13 vezes menos população em uma área três vezes maior que São Paulo. Como vão ficar as micro e pequenas empresas deste país? Mais de 60% das empresas correspondem a elas [micro e pequenas]. Se entre 20% e 30% das empresas quebrarem, aproximadamente 1/3 dos brasileiros vai ficar sem emprego. Vai aumentar a violência, problemas sociais, saques, vai ficar caótica a situação”, sinalizou o governador do Mato Grosso, Mauro Mendes.

A reunião entre os governadores foi marcada após os líderes se sentirem incomodados com o pronunciamento oficial do Presidente da República Jair Bolsonaro. Em fala transmitida na noite de terça-feira, 24, Bolsonaro afirmou que “algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de terra arrasada. A proibição de transportes, o fechamento de comércio e o confinamento em massa”.

Na manhã desta quinta-feira, na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro voltou a defender a flexibilização do isolamento. Para o presidente, o mais adequado seria a adoção do isolamento vertical, ou seja, determinar a quarentena apenas às pessoas pertencentes aos grupo de riscos, como idosos e portadores de doenças crônicas.

A proposta foi rechaçada pelo presidente da Câmara dos Deputados. “Eu fico pensando como que alguém pode falar em isolamento vertical, se até hoje não apresentou uma proposta de contingenciamento pros idosos brasileiros mais pobres. Eu fico pensando como um governo pode falar de um assunto sabendo que temos milhares de idosos nas comunidades do Rio de Janeiro. Que São Paulo tem 7 milhões de pessoas acima de 60 anos, muitas delas certamente de baixa renda. Até hoje a gente não viu do Governo qual é a política pra isolar os idosos”.


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

Coronavírus: produtor dobra número de entregas de hortaliças

26-03-2020

Um produtor familiar do Rio Grande do Sul precisou dobrar a produção de hortaliças por conta do aumento da demanda de quem mora na cidade e está em quarentena por conta do novo coronavírus.Mateus Trevisan, agricultor do município de Viamão, relata sua experiência em atender seus clientes que estão em isolamento por conta da doença. Ele afirma que o...

Leia mais...

Coronavírus: ministro da Saúde diz que agro está segurando economia

26-03-2020

Durante coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira, 25, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ressaltou que o Brasil não pode parar e por isso a importância dos serviços essenciais. Mandetta diz que é difícil neste momento determinar o que é fundamental e usou como exemplo o chaveiro, que para quem perdeu a chave de casa, passa a ser ...

Leia mais...

Benedito: ‘Problema no escoamento do leite poderia ter sido evitado’

26-03-2020

O avanço do coronavírus pelo Brasil já afeta diversas cadeias produtivas do país, um dos setores é o de leite. Para o comentarista do Canal Rural Benedito Rosa, é preciso ter um plano de ações para as consequências já previsíveis.“Algumas consequências são imprevisíveis e isso é fato. Mas outras são, e poderiam ter sido evitadas pelo governo,...

Leia mais...

Com comércio fechado, laticínios não conseguem vender produtos 

26-03-2020

Com as feiras agropecuárias sem previsão para acontecer e o comércio fechado, produtores de queijo do Nordeste encontram dificuldades para comercializar os seus produtos, de acordo com levantamento feito pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Segundo Bruno Lucchi, superintendente técnico da entidade, entre a quarta, 25 e a qui...

Leia mais...

Chuvas devem voltar ao RS, mas ainda com baixos acumulados; saiba quando

26-03-2020

De acordo com a Somar Meteorologia, o excesso de chuva nas áreas no norte do Brasil indica que falta umidade em outras partes do Brasil. No Sul contabilizam-se cinco meses de irregularidades na distribuição das chuvas com um déficit hídrico em torno de 150 a 200 milímetros no período. O excesso de água tem prejudicado a colheita no Matopiba, divers...

Leia mais...

Autoridades e trabalhadores unem esforços para manter o fluxo do agro

26-03-2020

No último sábado, 2, o governo federal publicou um decreto estabelecendo que produção, distribuição e comercialização de alimentos e bebidas são atividades essenciais e, portanto, não podem ser interrompidas durante a crise  provocada pelo coronavírus. Mesmo assim, medidas locais de municípios e Estados restringem a circulação de transportadores de...

Leia mais...

Coronavírus : auditores agropecuários continuam trabalhando intensamente

26-03-2020

Auditores Fiscais Federais Agropecuários que atuam diretamente na inspeção de produtos de origem animal e vegetal, nas certificações para exportação e ingresso de produtos nas aduanas, alfândegas, portos e aeroportos permanecem em plena atividade durante a pandemia de Covid-19. Os profissionais estão mantendo todos os cuidados necessários, é por is...

Leia mais...

Contra Covid-19: Porto de Paranaguá cria esquema médico para caminhoneiros

26-03-2020

Os caminhoneiros e trabalhadores portuários que passarem pelo o , no Paraná, a partir de agora terão a ajuda e orientação de equipes médicas para o combate do coronavírus. Por lá poderão fazer a medição de temperatura, avaliação de sintomas compatíveis com a Covid-19 e o encaminhamento ao hospital, dos casos necessários.Segundo o presidente da Port...

Leia mais...

CNA: saiba os detalhes do pedido de ajuda financeira aos produtores

26-03-2020

A Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)  divulgou nesta quarta-feira, 25, de um documento com uma série de propostas para atenuar os efeitos da crise do novo coronavírus no agronegócio.Entre as reivindicações estão a prorrogação automática de financiamento de custeio para produtores que a soma dos contratos totalizam R$ 1,5 milhão,...

Leia mais...