26 Março 2020

Autoridades e trabalhadores unem esforços para manter o fluxo do agro

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

No último sábado, 2, o governo federal publicou um decreto estabelecendo que produção, distribuição e comercialização de alimentos e bebidas são atividades essenciais e, portanto, não podem ser interrompidas durante a crise  provocada pelo coronavírus. Mesmo assim, medidas locais de municípios e Estados restringem a circulação de transportadores de cargas. Nesta terça-feira, 24, a cidade de Canarana (MT), importante produtora e exportadora de grãos, proibiu o trânsito de caminhões nas divisas.  As tradings da região tiveram que interromper os trabalhos. O processo foi aberto pelo prefeito Fábio de Farias, que propôs um prazo de dez dias para as empresas se adaptarem à determinação. 

Autoridades do agronegócio enfatizam que o setor tem totais condições de manter as atividades. A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, divulgou um vídeo afirmando que  estão sendo tomadas todas as medidas para que a vigilância, a fiscalização e o elo da cadeia produtiva, da produção à exportação, não sejam interrompidas. Trabalhadores do setor enviaram vídeos ao Programa Ligados & Integrados reafirmando seu compromisso com a produção e a distribuição de alimentos. Sávio Soares, de Seara (SC), trabalha em uma granja como apanhador de animais. Ele disse que recebeu da empresa todas as instruções para se proteger.

“Dentro das vans foram colocadas garrafinhas com álcool em gel. A gente chega e higieniza as mãos, e quando saímos, é a mesma coisa. Antes de entrar no pátios do aviários a gente tira a esteira e desinfeta para não ter perigo nenhum. O mundo enfrenta um momento muito complicado, e nos sentimos honrados por estar trabalhando para colocar alimento na mesa do brasileiro. Estamos dando nosso máximo e não podemos parar”, disse Sávio.

Valdecir Piccoli, de Santo Inácio (PR), é empresário do ramo de transportes com foco no carregamento de animais para frigoríficos e também entre granjas. Ele afirmou que não encontrou impedimentos na região onde atua. “Não encontramos barreiras, mas recebemos orientações. A gente já segue um procedimento operacional, só adequamos nossa rotina profissional para dar continuidade aos trabalhos. Já tínhamos sempre álcool em gel disponível e agora orientamos os motoristas a deixarem as janelas dos veículos abertas e desinfetarem os lugares onde encostam e sentam, além de manterem uma distância mínima segura de outras pessoas. Também orientamos a monitorarem os lugares onde moram e comunicarem caso notem problemas para que possamos tomar as providências cabíveis. Se qualquer profissional do ciclo de produção parar, seria um caos. Os negócios não se manteriam e  muitas famílias ficariam sem emprego. O bom diálogo com os prestadores de serviços em um momento assim é essencial. Todos aqui estão cientes de sua importância e estão com a saúde preservada”, afirmou.

Vamiré Sens Júnior, gerente de Sustentabilidade da Seara, explicou que os colaboradores estão mais tranquilos agora, entendendo melhor a situação do país. “A nossa rotina de produção segue todas as recomendações para continuar assegurando a qualidade dos nossos produtos. Estamos mantendo o fluxo normalmente, e não enfrentamos dificuldades com a logística e o transporte dos animais”, disse. 

O presidente da Associação Nacional dos Transportadores de Cargas (ANUT), Luis Baldes, declarou que os próximos quatorze dias serão cruciais para a economia. Em carta entregue ao governo federal, a entidade pede a suspensão temporária da cobrança de pedágio e de fiscalização nas rodovias durante a vigência do decreto de calamidade pública em razão da pandemia do coronavírus. Baldez defende que as medidas ajudariam a agilizar o escoamento da produção agropecuária e industrial. 

 


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

Coronavírus: produtor dobra número de entregas de hortaliças

26-03-2020

Um produtor familiar do Rio Grande do Sul precisou dobrar a produção de hortaliças por conta do aumento da demanda de quem mora na cidade e está em quarentena por conta do novo coronavírus.Mateus Trevisan, agricultor do município de Viamão, relata sua experiência em atender seus clientes que estão em isolamento por conta da doença. Ele afirma que o...

Leia mais...

Coronavírus: ministro da Saúde diz que agro está segurando economia

26-03-2020

Durante coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira, 25, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ressaltou que o Brasil não pode parar e por isso a importância dos serviços essenciais. Mandetta diz que é difícil neste momento determinar o que é fundamental e usou como exemplo o chaveiro, que para quem perdeu a chave de casa, passa a ser ...

Leia mais...

Benedito: ‘Problema no escoamento do leite poderia ter sido evitado’

26-03-2020

O avanço do coronavírus pelo Brasil já afeta diversas cadeias produtivas do país, um dos setores é o de leite. Para o comentarista do Canal Rural Benedito Rosa, é preciso ter um plano de ações para as consequências já previsíveis.“Algumas consequências são imprevisíveis e isso é fato. Mas outras são, e poderiam ter sido evitadas pelo governo,...

Leia mais...

Com comércio fechado, laticínios não conseguem vender produtos 

26-03-2020

Com as feiras agropecuárias sem previsão para acontecer e o comércio fechado, produtores de queijo do Nordeste encontram dificuldades para comercializar os seus produtos, de acordo com levantamento feito pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Segundo Bruno Lucchi, superintendente técnico da entidade, entre a quarta, 25 e a qui...

Leia mais...

Chuvas devem voltar ao RS, mas ainda com baixos acumulados; saiba quando

26-03-2020

De acordo com a Somar Meteorologia, o excesso de chuva nas áreas no norte do Brasil indica que falta umidade em outras partes do Brasil. No Sul contabilizam-se cinco meses de irregularidades na distribuição das chuvas com um déficit hídrico em torno de 150 a 200 milímetros no período. O excesso de água tem prejudicado a colheita no Matopiba, divers...

Leia mais...

Autoridades e trabalhadores unem esforços para manter o fluxo do agro

26-03-2020

No último sábado, 2, o governo federal publicou um decreto estabelecendo que produção, distribuição e comercialização de alimentos e bebidas são atividades essenciais e, portanto, não podem ser interrompidas durante a crise  provocada pelo coronavírus. Mesmo assim, medidas locais de municípios e Estados restringem a circulação de transportadores de...

Leia mais...

Coronavírus : auditores agropecuários continuam trabalhando intensamente

26-03-2020

Auditores Fiscais Federais Agropecuários que atuam diretamente na inspeção de produtos de origem animal e vegetal, nas certificações para exportação e ingresso de produtos nas aduanas, alfândegas, portos e aeroportos permanecem em plena atividade durante a pandemia de Covid-19. Os profissionais estão mantendo todos os cuidados necessários, é por is...

Leia mais...

Contra Covid-19: Porto de Paranaguá cria esquema médico para caminhoneiros

26-03-2020

Os caminhoneiros e trabalhadores portuários que passarem pelo o , no Paraná, a partir de agora terão a ajuda e orientação de equipes médicas para o combate do coronavírus. Por lá poderão fazer a medição de temperatura, avaliação de sintomas compatíveis com a Covid-19 e o encaminhamento ao hospital, dos casos necessários.Segundo o presidente da Port...

Leia mais...

CNA: saiba os detalhes do pedido de ajuda financeira aos produtores

26-03-2020

A Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)  divulgou nesta quarta-feira, 25, de um documento com uma série de propostas para atenuar os efeitos da crise do novo coronavírus no agronegócio.Entre as reivindicações estão a prorrogação automática de financiamento de custeio para produtores que a soma dos contratos totalizam R$ 1,5 milhão,...

Leia mais...