29 Junho 2020

Em Brasília, Feira Segura tem clientes nos carros e pagamento sem contato

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Realizada pelo Sistema CNA/Senar no estacionamento do Parque da Cidade, em Brasília, a Feira Segura no sistema drive thru reuniu produtores e consumidores, no sábado, 27, pela manhã, que puderam escolher e comprar sem sair do carro mais de 350 tipos de produtos entre hortifrútis, verduras, queijos, carnes, doces e flores.

De dentro dos carros, consumidores puderam escolher produtos, repassar pedidos, realizar pagamentos e receber as mercadorias. Para se proteger do contato e um eventual contágio pelo novo coronavírus, uma das formas de pagamentos mais indicadas é via PipPay. De fácil acesso, a ferramenta eletrônica permite que o comprador faça suas compras em questão de segundos, sem precisar ter contato com equipamentos ou dinheiro.

O estímulo à comercialização de produtores agropecuários e da agroindústria foi aprovado pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina. “Através do drive thru você dá as condições das pessoas não estarem juntas, dá segurança, traz o produtor de volta que precisa produzir e vender. Acho que a ideia é magnífica e dando certo, com certeza, nós vamos poder replicar isso no Brasil todo”, elogiou.

Outdoors anunciavam os produtos disponíveis e espécies de cardápios eram entregues aos ocupantes dos carros para que eles pudessem escolher as mercadorias.

No sistema, os carros paravam em estações. A primeira era para a realização dos pedidos, a segunda para o pagamento e nas três estações seguintes era possível retirar os produtos embalados e higienizados. 

A empresária Daisy Ribeiro se surpreendeu com o formato da feira. “Achei fantástica a iniciativa. Super segura, organizada, nota mil! Além da gente ter a oportunidade de comprar, tem muita variedade, a lista está gigante!”. A pedagoga Sonia Olesko também aprovou o modelo: “Vou levar couve, alface, suco… Achei ótimo, valeu a pena!”.

De acordo com o sistema CNA/Senar, 350 mercadorias diferentes foram oferecidas ao público pelos 32 feirantes participantes. “A CNA sempre teve uma preocupação muito grande, desde o início desse projeto, de oferecer a variedade necessária para atender a população. Acontece que nós nos surpreendemos com toda essa quantidade e oferta de produtos que está realmente nos colocando muito felizes nesse momento”, comemorou o diretor de inovação do CNA/Senar, Matheus Ferreira.

Vitor Lara, que fabrica geleias e doces, não participava de feiras desde março, quando a pandemia atingiu o Brasil.  O produtor comemorou as vendas e espera que a Feira Segura se repita com frequência. “Não tava conseguindo vender, né? Muito pouco comércio. Mas, agora, com esse apoio do CNA/Senar, também da Secretaria de Agricultura, estão abrindo portas pra muita gente. Mas ainda tem muitos produtores que estão precisando. Eu quero vender meu produto, mas tem muitos parceiros da gente, feirantes, que estão em casa passando por necessidades”.


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

Temporal deixa mais de 2 mil desalojados no RS; veja previsão do tempo

08-07-2020

As chuvas constantes que atingem Rio Grande do Sul desde  o fim da noite de terça, 7,   provocaram alagamentos, remoção de famílias ribeirinhas  e bloqueios em rodovias federais e estaduais. Um homem morreu em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, soterrado por causa do deslizamento de encosta.Segundo a Defesa Civil,  são 780 desabrigados e 2239 desaloja...

Leia mais...

Boi gordo padrão China está cotado a R$ 225 em SP, diz Safras

08-07-2020

Os preços do boi gordo permaneceram estáveis no mercado físico brasileiro nesta quarta-feira, 8, de acordo com a consultoria Safras. “Parece que os preços encontraram um limite para seu movimento de alta. As negociações ainda acontecem a partir de R$ 225 por arroba à vista para animais destinados ao mercado chinês em São Paulo, enquanto para ...

Leia mais...

Daoud: Entendimento comercial com a China faz parte do jogo

08-07-2020

O Ministério da Agricultura enviou à China uma carta formalizando o pedido de retomada das importações de carnes de quatro frigoríficos brasileiros. Nas últimas semanas, cinco plantas tiveram as habilitações de exportação suspensas pelo país asiático.De acordo com o secretário de comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Orla...

Leia mais...

Governo envia carta à China pedindo retomada das exportações de carnes

08-07-2020

O Ministério da Agricultura enviou à China uma carta formalizando o pedido de retomada das importações de carnes de quatro frigoríficos brasileiros. Nas últimas semanas, cinco plantas tiveram as habilitações de exportação suspensas pelo país asiático. De acordo com o secretário de comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Orl...

Leia mais...

Cepea: ‘Exportações devem se aquecer e enxugar demanda interna de milho’

08-07-2020

Os preços do milho seguem em alta no Brasil, mesmo com a colheita da segunda safra avançando em parte do país. As cotações têm se sustentado graças à retração do produtor, que está evitando negociar grandes lotes.O indicador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) mostra valorização de 30% na saca em relação ao mesmo período do ...

Leia mais...

Preços da soja caem até R$ 2 em dia de negócios travados no Brasil

08-07-2020

O ritmo dos negócios com soja no Brasil seguiu lento nesta quarta-feira, 8, segundo a consultoria Safras. “Os preços tiveram reações regionalizadas, mas a maior parte tem apenas uma sinalização nominal, em um mercado sem liquidez”, diz.Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos ficou em R$ 115. Na região das Missões, a cotação permaneceu ...

Leia mais...

Contratações do crédito rural da safra 2019/2020 fecharam em R$ 225 bilhões

08-07-2020

O desembolso do crédito rural do Plano Safra 2019/2020, no período de julho do ano passado a junho deste ano, alcançou R$ 191,8 bilhões, um aumento de 11% em relação ao período anterior. Somados aos recursos da fonte Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) referentes às aquisições de Cédulas de Produto Rural (CPRs) e às operações com agroindústrias, ...

Leia mais...

Recorde à vista: Cogo prevê 251,8 mi de toneladas na safra 20/21 de grãos

08-07-2020

A projeção da para a safra brasileira de grãos 2020/2021 aponta para colheita recorde de 271,1 milhões de toneladas, 7,6% acima da atual, prevista em 251,8 milhões de toneladas pela empresa.O recorde deve ser puxado pelo incremento das áreas de soja (3%) e de milho segunda safra (3%), além da previsão de incremento de 5,9% na produtividade média d...

Leia mais...

Boi: má gestão e falta de tecnologia tirarão metade dos pecuaristas do campo

08-07-2020

Metade dos bovinocultores de corte que estão em atividade hoje podem deixar o campo até 2040. A conclusão, que aparece em um estudo da , revela, entre outras coisas, que muitos negócios aparentemente estáveis podem não perdurar ante os desafios das próximas duas décadas.Um dos motivos para a projeção é o êxodo rural. Dados do mostram que, entre 20...

Leia mais...