29 Junho 2020

Perigo! Moradores de MT sofrem com falta de soro contra picada de cobra

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A escassez de soro antiofídico nos hospitais e clínicas médicas do interior de Mato Grosso preocupa produtores e a população da zona rural. As doses concentradas nas cidades-polo e transportadas em caso de necessidade levam pacientes picados por serpentes peçonhentas no campo a contarem com a sorte.

Segundo a Coordenadoria da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Mato Grosso (SES-MT), de janeiro a junho de 2020, foram notificados 777 casos de acidente com animais peçonhentos, sendo que 522 foram com serpentes. Em 2019, foram 1.861 casos, dos quais 1.179 envolveram serpentes.

A autônoma Aline Hoffman estava fazendo o almoço quando foi atacada por uma jararaca, que estava escondida embaixo do fogão da fazenda, no município de Cláudia. Ela levou duas mordidas e conta que foram dias de agonia durante o tratamento. “Fiquei internada três dias, tomando soro antiofídico. Na época, ainda tinha à disposição”, diz.

De acordo com o agricultor Ivan Hoffman, marido de Aline, a disponibilidade imediata do soro foi fundamental para ajudar no tratamento e evitar que a esposa ficasse com sequelas. Se fosse atualmente, talvez ela não tivesse a mesma sorte. “No nosso município, tem cerca de dez mil habitantes, cidade pequena. Ocorrem muitos acidentes nas propriedades rurais todo mês; às vezes, toda semana acontece, e a gente chega no hospital e não tem”, diz.

O presidente do Sindicato Rural de Tapurah, Dirceu Luiz Dezem, afirma que também há falta do medicamento no município. Ele também foi vítima de uma serpente peçonhenta no passado e carrega sequelas. “Junto com a picada, peguei uma infecção que me deixou em torno de 15 dias internado e mais seis meses até retornar à atividade”, conta.

A está preocupada com a situação e cobra das autoridades uma solução. “As pessoas que trabalham no campo estão diariamente expostas a esse risco e é muito importante ter a disponibilidade do soro no interior dos municípios”, afirma o vice-presidente da Aprosoja-MT, Fernando Cadore.

A coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental, Ludmila de Souza, afirma que houve redução na quantidade de soro recebida do Ministério da Saúde, mas não chega a faltar soro antiofídico. “O que precisa se compreender é que ele só é disponibilizado de acordo com a situação epidemiológica de cada município”, argumenta.


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

Temporais retornam ao interior do Brasil neste fim de semana

18-09-2020

De acordo com a meteorologia, há potencial para granizo e ventania no Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rondônia e AmazonasO último fim de semana de inverno já terá a cara da primavera em parte do interior do Brasil. Depois de três meses sem chuva expressiva, há previsão de pancadas em Mato Grosso do Sul. Também vai voltar a chover no norte do...

Leia mais...

Bolsonaro: Agronegócio evitou que Brasil entrasse em colapso econômico

18-09-2020

O presidente Jair Bolsonaro voltou a enaltecer a participação do agronegócio na manutenção da economia brasileira durante o período da pandemia da covid-19. Ele participou nesta sexta-feira, 18, de evento em Sorriso (MT) para entrega de cerca de 1.800 títulos de propriedade rural a agricultores familiares. “O agronegócio em grande parte evito...

Leia mais...

China recebe primeira carga de melão brasileiro após assinatura de acordo

18-09-2020

A China recebeu nesta sexta-feira,18, o primeiro embarque de melões brasileiros após acordo bilateral firmado entre os países. Cerca de três toneladas e meia de melão pele de sapo, da região de Mossoró (RN), desembarcaram no Aeroporto de Xangai.O acordo que viabilizou a exportação do melão brasileiro para a China foi firmado em novembro de 2019, du...

Leia mais...

Cooperativismo em Notícia aborda crescimento do cultivo do trigo em SC

18-09-2020

O programa Cooperativismo em Notícia deste sábado, 19, a partir das 13h30, destaca o crescimento do cultivo de trigo em Santa Catarina.Segundo a FecoAgro/SC, que produz o programa, o cereal, tão necessário para o consumo humano, andou travando uma luta desleal com o mercado e seu viu encurralado. “Perdeu terreno, a simpatia do produtor e quas...

Leia mais...

Robô que alimenta suínos na granja gera economia de R$ 26 mil por ano

18-09-2020

Uma nova tecnologia promete maior economia ao produtor ao mesmo tempo em que favorece o bem-estar dos animais. A Roboagro desenvolveu um robô que alimenta sozinho os suínos na granja, ao som de música clássica. Segundo a empresa, a economia gerada com o equipamento pode chegar até a R$ 26 mil por ano em um lote de 1.000 suínos.Na granja, o robô ope...

Leia mais...

Trigo: preços devem subir mesmo com início da nova safra

18-09-2020

Os preços do trigo no mercado interno devem seguir em patamares mais elevados, mesmo com o início da nova colheita da safra brasileira em 2020. É o que indica uma nova análise feita pela .Segundo a Cogo, entre janeiro e setembro de 2020, os preços do trigo em grãos FOB ao produtor do Paraná registram forte alta de 31,7%, mas recuaram 5,7% nos últim...

Leia mais...

Mapa nega que tenha pedido alterações no Guia Alimentar para a População

18-09-2020

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou uma nota nesta sexta-feira, 18, afirmando que não encaminhou ao Ministério da Saúde sugestões para alteração no Guia Alimentar para a População Brasileira (edição 2014). “O assunto está sendo debatido internamente, em Câmaras Setoriais do Mapa, tendo como referência princípios ci...

Leia mais...

Em caso de incêndio na fazenda, veja o que fazer até os bombeiros chegarem

18-09-2020

O tenente Thiago Rodrigues, do Corpo de Bombeiros de Goiás, recomenda que produtores rurais adquiram abafadores, sopradores e bombas costais para caso de incêndios na propriedade rural, além de fazer parcerias com os vizinhos para atuarem juntos no combate ao fogo. “Dependendo da localidade, o Corpo de Bombeiros já estará empenhados em outras ocorr...

Leia mais...

Bolsonaro: duplicação da BR-163 deve ficar pronta em 2021

18-09-2020

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que as obras de duplicação da BR-163, principal rota do escoamento agrícola do Brasil, ficarão prontas no final de 2021, no trecho de Rondonópolis até Cuiabá, no Mato Grosso. O presidente falou aos jornalistas durante visita à uma usina de etanol em Sinop (MT), nesta sexta-feira, 18, ao lado do ministro de Infrae...

Leia mais...