03 Julho 2020

Câmara adia eleições municipais para 15 de novembro

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 1º, em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/20, que adia as eleições municipais deste ano devido à pandemia causada pelo novo coronavírus. O placar de votação no segundo turno foi de 407 votos a 70.

Segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o texto será promulgado nesta quinta-feira, 2, às 10 horas, pelo Congresso Nacional.

Oriunda do Senado, a PEC determina que os dois turnos eleitorais, inicialmente previstos para os dias 4 e 25 de outubro, serão realizados nos dias 15 e 29 de novembro. Por meio de uma emenda de redação, deputados definiram que caberá ao Congresso decidir sobre o adiamento das eleições por um período ainda maior nas cidades com muitos casos da doença.

“A alteração do calendário eleitoral é medida necessária no atual contexto da emergência de saúde pública”, defendeu o relator, deputado Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR). “Os novos prazos e datas são adequados e prestigiam os princípios democrático e republicano, ao garantir a manutenção das eleições sem alteração nos mandatos”, continuou.

Calendário eleitoral

Além de adiar as eleições, a PEC, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), estabelece novas datas para outras etapas do processo eleitoral de 2020, como registro de candidaturas e início da propaganda eleitoral gratuita (veja quadro). Apenas a data da posse dos eleitos permanece a mesma, em 1º de janeiro de 2021.

Jhonatan de Jesus destacou que as mudanças resultaram de debates entre Câmara, Senado e Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com a participação de representantes de entidades, institutos de pesquisa, especialistas em direito eleitoral, infectologistas, epidemiologistas e outros profissionais da saúde.

No Plenário, os deputados Hildo Rocha (MDB-MA) e Bia Kicis (PSL-DF) criticaram a proposta. Para Rocha, o adiamento favorecerá os atuais prefeitos e vereadores. “Os governantes poderão fazer mais propaganda, ferindo a isonomia”, afirmou. Kicis alertou para possível aumento dos gastos públicos.

O TSE ainda analisa as ações necessárias para garantir a realização das eleições com as garantias à saúde. Se houver necessidade de adiamento maior em determinada cidade, a PEC prevê que, após pedido TSE instruído por autoridade sanitária, o Congresso deverá aprovar decreto legislativo para remarcar o pleito, tendo como limite o dia 27 de dezembro.

Na versão do Senado, essa regra referia-se a caso de um estado inteiro sem condições sanitárias para realizar os turnos em novembro. Para município em particular, a decisão caberia ao TSE. A partir de destaque apresentado pelo bloco do PP, deputados optaram por unificar as normas, mantendo a decisão no âmbito do Congresso.

Outro destaque do bloco do PP, também aprovado pelo Plenário, retirou da PEC determinação para que o TSE promovesse eventual adequação das resoluções que disciplinam o processo eleitoral de 2020. Pela legislação infraconstitucional em vigor, as normas já estão aprovadas desde março e não podem ser alteradas.

Outros pontos

A PEC 18/20 contém outros pontos importantes. Os principais são:

– Os prazos de desincompatibilização vencidos não serão reabertos;

– Outros prazos eleitorais que não tenham transcorrido na data da promulgação da PEC deverão ser ajustados pelo TSE considerando-se a nova data das eleições;

– Os atos de propaganda eleitoral não poderão ser limitados pela legislação municipal ou pela Justiça Eleitoral, salvo se a decisão estiver fundamentada em prévio parecer técnico emitido por autoridade sanitária estadual ou nacional;

– A prefeitura e outros órgãos públicos municipais poderão realizar, no segundo semestre deste ano, propagndas institucionais relacionadas ao enfrentamento da pandemia de coronavírus, resguardada a possibilidade de apuração de eventual conduta abusiva, nos termos da legislação eleitoral.

Para efetivar todas as mudanças, a PEC torna sem efeito, somente neste ano, o artigo 16 da Constituição, que proíbe alterações no processo eleitoral no mesmo ano da eleição.


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

Carne bovina: quase 60% das exportações de julho foram para a China

08-08-2020

As exportações de carne bovina in natura e processada no acumulado do ano até julho soma 1,103 milhão de toneladas, 10% acima das 999.177 toneladas de igual período de 2019, conforme a A receita nesse intervalo cresceu 25%, para US$ 4,7 bilhões.O resultado se deve à China. “No acumulado até julho as compras chinesas que ingressaram pela cida...

Leia mais...

Confira a tendência para o mercado da soja na semana que vem

08-08-2020

A consultoria Safras & Mercado preparou um relatório especial com os principais pontos que podem influenciar os preços da soja na Bolsa de Chicago e, consequentemente, no Brasil. Além da pandemia de Covid-19, que segue no radar do mercado, players também estão de olho nos números da temporada americana e nas tensões entre Estados e China, que p...

Leia mais...

Produção do milho segunda safra deve se aproximar de recorde de 73,5 mi de toneladas

07-08-2020

Apesar do atraso do início do plantio e a seca em alguns estados, a produção de milho segunda safra no Brasil deve chegar perto do recorde de 73,5 milhões de toneladas. Os bons preços do grão estimularam o aumento de quase 3% da área plantada, o que acabou compensando as perdas causadas pela estiagem na região Sul.Entre os principais produtores de ...

Leia mais...

Brasil vai pedir à OIE que Rio Grande do Sul vire zona livre de aftosa sem vacinação

07-08-2020

Nesta semana, o estado passou por uma auditoria para checar se as demandas feitas em janeiro foram atendidas. Na quinta, 6, a superintendente do ministério no Rio Grande do Sul, Helena Rugeri, adiantou que 77% das solicitações foram cumpridas.Além do Rio Grande do Sul, o governo pedirá a certificação do status sanitário para o estado do Paraná e ta...

Leia mais...

Dólar deve chegar a R$ 5,60 até o fim de agosto, aposta Daoud

07-08-2020

O dólar operou em alta ao longo desta semana, de olho novamente nas tensões comerciais entre China e Estados Unidos. No pregão desta sexta-feira, 7, a moeda norte-americana chegou a atingir R$ 5,40.O comentarista do Canal Rural Miguel Daoud afirma que a disputa entre as duas potências econômicas e a queda de juros têm certa influência na alta do dó...

Leia mais...

Governo pedirá à OIE o reconhecimento do Paraná como zona livre de aftosa sem vacinação

07-08-2020

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizará, até a próxima sexta-feira, 14, a formalização do pedido de reconhecimento de zona livre de febre aftosa sem vacinação, para o estado do Paraná, junto à Organização Mundial de Saúde Animal (em inglês, OIE). O estado está sem o uso e a comercialização da vacina contra febre aftos...

Leia mais...

Governo pedirá à OIE o reconhecimento do Paraná como zona livre de aftosa sem vacinação

07-08-2020

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizará, até a próxima sexta-feira, 14, a formalização do pedido de reconhecimento de zona livre de febre aftosa sem vacinação, para o estado do Paraná, junto à Organização Mundial de Saúde Animal (em inglês, OIE). O estado está sem o uso e a comercialização da vacina contra febre aftos...

Leia mais...

Cooperativismo em Notícia vai abordar o vazio sanitário da soja em SC

07-08-2020

O Cooperativismo em Notícia deste sábado, 8, abordará uma batalha judicial que, segundo a Federação das Cooperativas Agropecuárias de Santa Catarina (FecoAgro/SC) é injustificável e pode trazer enormes problemas para a agricultura do estado. Além disso, o programa também destacará o Balanço Social da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rura...

Leia mais...

Cooperativismo em Notícia vai abordar o vazio sanitário da soja em SC

07-08-2020

O Cooperativismo em Notícia deste sábado, 8, abordará uma batalha judicial que, segundo a Federação das Cooperativas Agropecuárias de Santa Catarina (FecoAgro/SC) é injustificável e pode trazer enormes problemas para a agricultura do estado. Além disso, o programa também destacará o Balanço Social da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rura...

Leia mais...