03 Julho 2020

Ciclone derruba bananais em SC e produtor tem prejuízo de R$ 1 mi

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O ciclone bomba que atingiu o estado de Santa Catarina nesta terça-feira, 30, causou transtornos na zona rural. Os fortes ventos — que chegaram em média a 150 km/h, de acordo com a Somar Meteorologia — destelharam casas, prejudicaram estruturas de produção e derrubaram plantas.

“Não choro, porque não consigo nem chorar”, afirma o produtor e presidente da Associação de Bananicultores de São João do Itaperiú (SC), Jorge Marangoni. Ele foi vítima do que classifica como “catástrofe incalculável”.

Pela TV e redes sociais, ele acompanhou as primeiras notícias sobre o ciclone bomba no estado. Em conversa com amigo, afirmou que eles precisariam orar para que os ventos não chegassem com tanta força à região. Mas, infelizmente, o que ele temia aconteceu.

Segundo o agricultor, para piorar, a safra inteira estava no campo, pronta para ser colhida em julho e agosto. “Meu bananal, das minhas 50 mil plantas, sobraram 12 mil no máximo. Em uma área de 18 mil pés perto da minha casa, não sobraram 2.000”, diz.

Marangoni salienta que todos os produtores da região foram afetados e estima perda de 50% na produção local. “Só os meus prejuízos, R$ 1 milhão não cobre”, relata.

O produtor lembra que por ser uma cultura perene, a banana não conta com seguro rural. “Até Proagro é difícil pegar alguma coisa. Um técnico da Epagri esteve hoje [quarta-feira, 1º] aqui e vemos tentar, junto ao Banco do Brasil, postegar os custeios. Mas, para isso, o estado terá que declarar estado de calamidade”, conta.

De acordo com o agricultor, o jeito será recomeçar. “Dos 12 mil pés que sobraram, terei que tirar o sustento da minha casa, das minhas filhas, e tratar o que sobrou das outras plantas. Mas a gente tem fé e, assim, seguimos a vida”.

A Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) registra o maior dano da história da rede elétrica, após a passagem do ciclone. No total, 1,5 milhão de unidades consumidoras do estado ficaram sem luz. A entidade está trabalhando para recompor 90% do sistema até o fim desta quarta-feira.

Marangoni foi um dos atingidos e precisou rodar cerca de 15 quilômetros, até Barra Velha (SC),  para conseguir se comunicar e tentar vender parte da produção que foi ao chão.


Fonte Canal Rural

Mais Notícias

Carne bovina: quase 60% das exportações de julho foram para a China

08-08-2020

As exportações de carne bovina in natura e processada no acumulado do ano até julho soma 1,103 milhão de toneladas, 10% acima das 999.177 toneladas de igual período de 2019, conforme a A receita nesse intervalo cresceu 25%, para US$ 4,7 bilhões.O resultado se deve à China. “No acumulado até julho as compras chinesas que ingressaram pela cida...

Leia mais...

Confira a tendência para o mercado da soja na semana que vem

08-08-2020

A consultoria Safras & Mercado preparou um relatório especial com os principais pontos que podem influenciar os preços da soja na Bolsa de Chicago e, consequentemente, no Brasil. Além da pandemia de Covid-19, que segue no radar do mercado, players também estão de olho nos números da temporada americana e nas tensões entre Estados e China, que p...

Leia mais...

Produção do milho segunda safra deve se aproximar de recorde de 73,5 mi de toneladas

07-08-2020

Apesar do atraso do início do plantio e a seca em alguns estados, a produção de milho segunda safra no Brasil deve chegar perto do recorde de 73,5 milhões de toneladas. Os bons preços do grão estimularam o aumento de quase 3% da área plantada, o que acabou compensando as perdas causadas pela estiagem na região Sul.Entre os principais produtores de ...

Leia mais...

Brasil vai pedir à OIE que Rio Grande do Sul vire zona livre de aftosa sem vacinação

07-08-2020

Nesta semana, o estado passou por uma auditoria para checar se as demandas feitas em janeiro foram atendidas. Na quinta, 6, a superintendente do ministério no Rio Grande do Sul, Helena Rugeri, adiantou que 77% das solicitações foram cumpridas.Além do Rio Grande do Sul, o governo pedirá a certificação do status sanitário para o estado do Paraná e ta...

Leia mais...

Dólar deve chegar a R$ 5,60 até o fim de agosto, aposta Daoud

07-08-2020

O dólar operou em alta ao longo desta semana, de olho novamente nas tensões comerciais entre China e Estados Unidos. No pregão desta sexta-feira, 7, a moeda norte-americana chegou a atingir R$ 5,40.O comentarista do Canal Rural Miguel Daoud afirma que a disputa entre as duas potências econômicas e a queda de juros têm certa influência na alta do dó...

Leia mais...

Governo pedirá à OIE o reconhecimento do Paraná como zona livre de aftosa sem vacinação

07-08-2020

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizará, até a próxima sexta-feira, 14, a formalização do pedido de reconhecimento de zona livre de febre aftosa sem vacinação, para o estado do Paraná, junto à Organização Mundial de Saúde Animal (em inglês, OIE). O estado está sem o uso e a comercialização da vacina contra febre aftos...

Leia mais...

Governo pedirá à OIE o reconhecimento do Paraná como zona livre de aftosa sem vacinação

07-08-2020

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizará, até a próxima sexta-feira, 14, a formalização do pedido de reconhecimento de zona livre de febre aftosa sem vacinação, para o estado do Paraná, junto à Organização Mundial de Saúde Animal (em inglês, OIE). O estado está sem o uso e a comercialização da vacina contra febre aftos...

Leia mais...

Cooperativismo em Notícia vai abordar o vazio sanitário da soja em SC

07-08-2020

O Cooperativismo em Notícia deste sábado, 8, abordará uma batalha judicial que, segundo a Federação das Cooperativas Agropecuárias de Santa Catarina (FecoAgro/SC) é injustificável e pode trazer enormes problemas para a agricultura do estado. Além disso, o programa também destacará o Balanço Social da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rura...

Leia mais...

Cooperativismo em Notícia vai abordar o vazio sanitário da soja em SC

07-08-2020

O Cooperativismo em Notícia deste sábado, 8, abordará uma batalha judicial que, segundo a Federação das Cooperativas Agropecuárias de Santa Catarina (FecoAgro/SC) é injustificável e pode trazer enormes problemas para a agricultura do estado. Além disso, o programa também destacará o Balanço Social da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rura...

Leia mais...